Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Basquete / Novo chefe

Ex-técnico, Lula Ferreira assume presidência da liga de basquete

Redação Publicado em 28/10/2020, às 10h42

Imagem Ex-técnico, Lula Ferreira assume presidência da liga de basquete

Um dos maiores técnicos da história do basquete brasileiro, Lula Ferreira terá um novo desafio pela frente. Em reunião do Conselho de Administração da Liga Nacional de Basquete (LNB) na noite da última terça-feira (27), o atual dirigente do Sesi Franca foi escolhido para ser o novo presidente da liga, em substituição a Nilo Guimarães, que pediu o afastamento da presidência da entidade.

A troca acontece para que a liga continue a receber verba em Lei de Incentivo. Pela legislação, nenhuma entidade esportiva pode ter cargos públicos em seu quadro diretivo para receber a verba. Como Nilo é secretário de esportes na cidade de Mogi das Cruzes (SP), a LNB não poderia ter projetos incentivados.

Lula Ferreira, assumiu a presidência da liga por ser o integrante mais antigo no Conselho de Administração da LNB. O ex-técnico será presidente da instituição até dezembro deste ano, quando acontecerão as novas eleições.

Lula Ferreira, um dos maiores técnicos do basquete brasileiro, é o novo presidente da Liga Nacional de Basquete
FotoJump/NBB

"Não tenho palavras para definir o tamanho da honra e do orgulho que é ocupar esse cargo. A responsabilidade, porém, é do tamanho do orgulho e da alegria de ocupa-lo. Essa obra toda que é a LNB foi construída por grandes presidentes: Kouros, Rossi, Cássio e Nilo. Todas essas pessoas, junto com tantas outras, simbolizam todos os dirigentes que alavancaram uma instituição que não começou nem do zero, começou do subsolo, porque o basquete se encontrava abaixo de zero antes da criação da liga. Chegamos muito longe, mas vamos trabalhar ainda mais para chegar na cobertura", declarou Lula Ferreira ao site da liga.

Nilo Guimarães também fez questão de agradecer o apoio que teve à frente da LNB, especialmente durante a pandemia do Covid-19. A liga optou por encerrar a temporada e se prepara, agora, para lançar o novo campeonato com sedes fixas, para evitar deslocamento dos atletas. 

"Preciso agradecer ao Kouros Monadjemi (ex-presidente), a toda diretoria da Liga, aos clubes e ao corpo executivo pela confiança nesse período todo. Infelizmente, tive que abrir mão dessa grande responsabilidade de ser presidente, mas é algo necessário para a contínua evolução e desenvolvimento da Liga Nacional de Basquete. Continuarei sempre contribuindo incansavelmente para que o NBB continue sendo essa referência no esporte nacional", afirmou Nilo, que volta a fazer parte do Conselho de Administração da liga, representando a equipe de Mogi.

Uma das primeiras ações do novo presidente será aprovar o protocolo final de segurança para o início da próxima temporada do NBB. Na noite de terça, os clubes questionaram algumas das medidas do protocolo elaborado pela liga com chancela do infectologista Dr. Max Igor Banks Ferreira Lopes, do Hospital das Clínicas da USP. Assim, uma nova reunião virtual, no final de semana, deve definir pela aprovação do protocolo final.