Golden State Warriors já é segunda franquia mais valiosa da NBA, diz Forbes

O Golden State Warriors está no caminho de se tornar a franquia mais valiosa da NBA. Após o quarto título em oito anos, a equipe de São Francisco chegou à segunda posição no ranking da Forbes de negócios do basquete. Atualmente, os Warriors valem, na avaliação da revista, US$ 5,6 bilhões.

O New York Knicks, apesar de não ganhar um título desde 1973, manteve a primeira posição, com US$ 5,8 bilhões. O time de Nova York se beneficia do fato de estar no maior mercado de mídia dos Estados Unidos, bem como na maior região metropolitana do país, com mais 19 milhões de habitantes.

A terceira franquia mais valiosa da NBA é o Los Angeles Lakers, avaliado em US$ 5,5 bilhões. Os Lakers também são beneficiados por estarem em Los Angeles, segundo maior mercado dos EUA, com população de 13,2 milhões de pessoas.

“Se Stephen Curry e companhia continuarem ganhando troféus Larry O’Brien [dado ao campeão da NBA], os Warriors poderão desafiar os Knicks pelo primeiro lugar [de time mais valioso]”, acredita Lee Berke, CEO da LHB Sports, Entertainment & Media.

Faturamento

Apesar das campanhas pífias, o time de Nova York arrecadou US$ 299 milhões na última temporada, com lucro operacional de US$ 71 milhões. Os Warriors ainda estão alguns degraus abaixo. O time da Califórnia teve faturamento de US$ 258 milhões e lucro de US$ 44 milhões.

Se Stephen Curry e companhia continuarem ganhando troféus Larry O’Brien [de campeão da NBA], os Warriors poderão desafiar os Knicks pelo primeiro lugar.

Já os Lakers lideraram esse quesito, com receita de US$ 316 milhões, mas lucro inferior ao time de Manhattan: US$ 63 milhões.

“É difícil dizer se os Warriors vão superar [os Knicks]. Mas eles podem chegar perto disso? Sim. Se continuarem atuando assim, terão uma vantagem substancial”, analisou Berke.

Existem vários fatores que impulsionam a avaliação feita pela Forbes, entre eles desempenho esportivo, tamanho do mercado e patrocínios.

“Certamente os Warriors tiveram um desempenho notável na última década. Mas a realidade é que os Knicks ainda estão no principal mercado do país. Isso sempre será um fator importante na avaliação”, concluiu Berke.