Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Basquete / Negócios

NBA relaxa restrições de patrocínio para ajudar equipes

Redação Publicado em 04/11/2020, às 18h11

Imagem NBA relaxa restrições de patrocínio para ajudar equipes

A NBA permitirá que as franquias vendam novos inventários de patrocínio "imediatamente" para ajudar a limitar o impacto financeiro da pandemia do coronavírus, de acordo com o Sports Business Journal (SBJ).

A ESPN informou na semana passada que a liga de basquete viu suas receitas para a temporada 2019/20 caírem em dez por cento, para US$ 8,3 bilhões. As perdas relacionadas somente à venda de ingressos totalizaram US$800 milhões e ainda não está claro se os fãs poderão assistir aos jogos desde o início da campanha de 2020/21.

Um novo relatório publicado pela ESPN no início desta semana disse que a NBA poderia perder até US$ 1 bilhão em receitas se o início da próxima temporada for adiado até janeiro.

Para ajudar a compensar essas perdas potenciais, a SBJ relata que a NBA está "abrindo novas fontes de receita" para que suas equipes tragam novas receitas comerciais caso os jogos tenham que ser disputados diante de multidões limitadas ou em arenas vazias.

Além disso, é relatado que a NBA concordou em aliviar as restrições aos patrocínios de álcool, cassinos e casas de apostas esportivas, o que poderia abrir o caminho para que as empresas dessas indústrias se beneficiassem de uma maior visibilidade na sinalização nas arenas.