Além de Libertadores e Sul-Americana, Disney terá Recopa de 2023 a 2026

Cerca de 20 dias após o anúncio oficial da CONMEBOL com relação aos direitos de transmissão da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana para o quadriênio de 2023 a 2026, o Grupo Disney divulgou que adquiriu os direitos exclusivos da Recopa, duelo que coloca frente a frente os campeões da Libertadores e da Sul-Americana do ano anterior.

Com isso, a ESPN exibirá as três principais competições de clubes do continente nas próximas quatro temporadas. Todas as transmissões também serão disponibilizadas para os assinantes da plataforma de streaming Star+.

“Nosso objetivo estratégico é oferecer o conteúdo mais relevante de forma contínua e estável em todas as nossas ofertas de entretenimento. Neste caso, estamos orgulhosos de apresentar a melhor oferta esportiva em nossas telas. Com este acordo sem precedentes, oferecemos a CONMEBOL Libertadores no canal linear ESPN e em nossa plataforma digital Star+, reforçando nosso compromisso de oferecer conteúdo relevante ao nosso público e permanecer na vanguarda do esporte no Brasil, na América Latina e no mundo”, declarou Diego Lerner, presidente da The Walt Disney Company na América Latina.

Vale lembrar que, além da ESPN, os direitos da Libertadores ficaram também com Globo (TV aberta) e Paramount (streaming), enquanto os da Sul-Americana foram adquiridos por SBT (TV aberta) e Paramount (streaming). Os melhores momentos (highlights) dos dois torneios ficaram com a plataforma OneFootball.