Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Só dá ela

Antes consultora, LiveMode assume gestão comercial do Paulistão

Agência foi escolhida para vender publicidade do torneio, contrariando discurso antigo da FPF

Erich Beting - São Paulo (SP) Publicado em 23/11/2021, às 10h04 - Atualizado às 10h06

Paulistão será comercializado pela agência que foi contratada para ser, inicialmente, consultora da FPF - Divulgação / FPF
Paulistão será comercializado pela agência que foi contratada para ser, inicialmente, consultora da FPF - Divulgação / FPF

Contratada para ser consultora da Federação Paulista de Futebol (FPF) na venda dos direitos de transmissão do Paulistão, a agência LiveMode foi elevada ao status de gestora comercial de todo o campeonato. A decisão foi comunicada na última sexta-feira (19), mas já tinha sido referendada pelos clubes durante a assembleia que definiu o sorteio dos grupos do torneio.

A concentração da venda nas mãos do parceiro contraria o discurso da FPF de que a LiveMode seria apenas consultora para os direitos de mídia. A agência já cuida do Paulistão Play, aplicativo que fará a transmissão por streaming de quase todos os jogos do torneio, e ainda pode assumir a produção das partidas, integrando tudo dentro da própria empresa.

Sem considerar que haja conflito de interesses pelo fato de a agência que prestou consultoria virar também a produtora de serviços, a FPF referendou com os clubes a venda comercial do Paulistão e, agora, terceirizou toda a competição para o parceiro. A ideia é fazer com que a LiveMode atue vendendo todas as plataformas disponíveis, em um pacote integrado de vendas.

“Estamos prontos para promover muitas inovações e criar ofertas inéditas para as marcas no maior estadual do país. A ideia é gerar mais valor para os fãs e parceiros, com entregas que repercutam nas diversas plataformas. Temos certeza de que esse formato trará muitos benefícios para todas os nossos patrocinadores”, disse, em nota, Guilherme Lenz Cesar, um dos fundadores da LiveMode.

O modelo que a agência tenta implementar é o que funciona na Copa do Nordeste, em que ela faz a gestão de mídia e comercial do torneio. Na competição regional, a LiveMode herdou os direitos que eram da TopSports no começo dos anos 2000. A agência também foi fundada pelos mesmos sócios e, depois, deu lugar ao Esporte Interativo (EI). Desde a venda do canal de TV para o grupo Turner, a LiveMode assumiu a gestão comercial de algumas propriedades que eram do EI.

“Olhando para as maiores ligas do mundo, um ativo extremamente importante para gerar maior valor aos parceiros e aos torcedores é a comercialização integrada das propriedades, com entregas nas mais diversas plataformas de mídia que a competição oferece. E é exatamente este modelo que estamos trazendo para o Paulistão a partir de 2022”, afirmou, no mesmo comunicado, Bernardo Itri, vice-presidente executivo de marketing e comunicação da FPF. 

A diferença da entidade brasileira para as internacionais é que, desde a quebra da ISL, em 2001, e do Fifagate, em 2015, as principais ligas fazem toda a gestão comercial de seus produtos com equipe própria, tornando o negócio mais transparente e aumentando a lucratividade dele para a entidade.