Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Parceria

Após acordo com UEFA, arbitragem sul-americana participará da Euro 2022

Torneio de seleções europeias, que será disputado em julho, terá uma árbitra e duas assistentes da América do Sul

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 20/04/2022, às 08h35

Euro Feminina terá a árbitra Emikar Caldera e as assistentes Migdalia Rodriguez e Mary Blanco Bolívar - Divulgação / CONMEBOL
Euro Feminina terá a árbitra Emikar Caldera e as assistentes Migdalia Rodriguez e Mary Blanco Bolívar - Divulgação / CONMEBOL

Três árbitras sul-americanas participarão da Euro Feminina 2022, que será realizada de 6 a 31 de julho, na Inglaterra. A convocação faz parte de um acordo de aproximação entre UEFAe CONMEBOL.

As duas entidades inauguraram um escritório conjunto em Londres no início do mês e criaram a Finalíssima, duelo que reúne o campeão da Euro (Itália) e o vencedor da Copa América (Argentina). O jogo será em Londres, no dia 1º de junho.

Nenhum membro da arbitragem brasileira foi convocado para a competição. Foram chamados a árbitra Emikar Caldera (Venezuela) e as assistentes Migdalia Rodriguez (Venezuela) e Mary Blanco Bolívar (Colômbia).

Com o acordo, também haverá arbitragem europeia na Copa América Feminina deste ano, que será entre 8 e 30 de julho, na Colômbia. Os nomes ainda serão anunciados pela CONMEBOL.

O intercâmbio de árbitros entre as duas confederações já vem acontecendo. A Copa América Sub-20, que está sendo realizada no Chile, conta com a participação da árbitra María Sole Ferrieri (Itália) e das assistentes Julia Tempestili (Itália) e Eliana Fernandez (Espanha). A arbitragem europeia também participou da pré-temporada organizada pela CONMEBOL, que aconteceu no final de janeiro.