Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Digital

Após ataque de hacker, Manchester United contrata agência de segurança

Redação Publicado em 27/11/2020, às 13h42

Imagem Após ataque de hacker, Manchester United contrata agência de segurança

O clube da Premier League confirmou o ataque de hackers no dia 20 de novembro e disse que não estava "ciente de qualquer violação de dados pessoais associados a nossos torcedores e clientes".

Até a última quarta-feira (26), o pessoal do clube ainda não tinha acesso ao e-mail, e algumas outras funções também não estavam disponíveis. Mas o clube reiterou que nenhum dado foi vazado. Eles poderiam enfrentar uma multa do regulador de dados se os dados dos torcedores estivessem comprometidos como resultado do ataque cibernético.

O Centro Nacional de Segurança Cibernética (NCSC) está agora ajudando a equipe.

A agência de segurança cibernética do Reino Unido está auxiliando o Manchester United após um ataque no início deste mês. O clube ainda não conseguiu restaurar totalmente os sistemas dos computadores.

Um porta-voz disse: '"O NCSC está ciente de um incidente que afeta o Manchester United Football Club e estamos trabalhando com a organização e parceiros para entender o impacto."

Em uma declaração, o United disse: "Após o recente ataque cibernético ao clube, nossa equipe de TI e especialistas externos asseguraram nossas redes e conduziram investigações forenses".

O clube disse que não comentaria sobre quem foi "responsável por este ataque ou os motivos.” “Os sistemas críticos necessários para a realização de jogos no Old Trafford permaneceram seguros e os jogos foram adiante como de costume”.