Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Histórias

Após Santos Box, empresa busca expansão com novos clubes

Duda Lopes Publicado em 16/02/2021, às 23h28

Imagem Após Santos Box, empresa busca expansão com novos clubes

A Club Manage, empresa especializada na gestão de clubes de assinatura, resolveu entrar no mundo do futebol neste ano, com uma parceria de licenciamento com o Santos. Após a avaliação positiva das primeiras semanas, a companhia começa a pensar em novos passos, com a possibilidade de expandir o acordo para outras equipes.

Com o Santos Box, a Club Manage oferece uma assinatura de R$ 69,90 em que o torcedor recebe em casa mensalmente um livro com uma história específica do clube, além de itens exclusivos. No primeiro mês, por exemplo, foi contada a saga da equipe no primeiro título Paulista, em 1935, junto com uma caneca, um poster e desenhos para colorir, esse último focado no público infantil.

Gerente da Club Manage, o executivo Paulo Silva contou que o número de assinantes está dentro do esperado e que, portanto, a tendência agora é expandir o projeto para outros clubes. A empresa produz todo o conteúdo, com historiadores e especialistas, e vende as assinaturas com repasse de licenciamento aos clubes.

Próximo box do Santos contará a história do título brasileiro de 2002 (Foto: Divulgação)

“O esporte é um segmento que conta muitas histórias. E são histórias que envolvem muita paixão”, justificou o executivo, ao lembrar que a especialidade do grupo é clubes de assinatura com livros.

E os acordos podem ser em longo prazo. Com o Santos, a empresa calcula que tenha material suficiente para sustentar as assinaturas por 24 meses. São títulos, campanhas e histórias mais e menos conhecidas ao longo dos mais de cem anos da equipe paulista.

“Começamos com o Santos porque entendemos que o Santos é o time com a história mais rica para ser contada, pelo menos a considerar títulos e passagens internacionais”, explicou Paulo Silva.

No próximo mês, por sinal, a entrega aos torcedores remeterá ao título brasileiro de 2002, quando a equipe de Diego, Robinho e Cia venceu o Corinthians no Morumbi.