Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Único

Arena MRV, do Atlético-MG, venderá réplica em mesa de pebolim

Apenas 50 peças foram produzidas e serão vendidas para torcedores do clube mineiro

Erich Beting - São Paulo (SP) Publicado em 15/10/2021, às 08h12 - Atualizado às 08h40

Primeira mesa de pebolim réplica da Arena MRV já embarcou para Belo Horizonte (MG) - Divulgação / MRV
Primeira mesa de pebolim réplica da Arena MRV já embarcou para Belo Horizonte (MG) - Divulgação / MRV

A Arena MRV fechou um acordo de licenciamento com a empresa argentina Superclásico para que uma réplica do futuro estádio do Atlético-MG para jogo de pebolim seja colocada à venda. As 50 peças que foram confeccionadas artesanalmente serão vendidas já na próxima semana, quando a primeira mesa produzida desembarca em Belo Horizonte (MG) para ficar em exposição no Centro de Experiências Fassa Bortolo.

A preferência para a compra será dos sócios Arena MRV e do programa Galo Na Veia, o sócio-torcedor do Atlético-MG. De acordo com os gestores do estádio, caso o lote não se esgote, o torcedor “comum” poderá ter acesso para adquirir a mesa.

Os preços para adquirir o produto, porém, são salgados. O sócio Arena MRV terá de pagar R$ 22,5 mil à vista para levar a mesa para casa. Já os demais fãs terão de desembolsar R$ 35 mil.

OUÇA AO PODCAST MAQUINISTA COM BRUNO MUZZI, CEO DA ARENA MRV

O licenciamento do produto faz parte da estratégia da Arena MRV de se tornar uma referência em experiências para o torcedor. A Superclásico tem acordos semelhantes com os estádios Santiago Bernabéu (do Real Madrid), La Bombonera (do Boca Juniors) e Monumental de Núñez (do River Plate), entre outros.

“Agora, o atleticano poderá ter a tão sonhada Arena MRV para jogar, literalmente, em casa”, afirmou o perfil do estádio nas redes sociais, ao anunciar o embarque da primeira mesa para o Brasil.

Desde que começaram as obras, a Arena MRV tem como objetivo se tornar a mais tecnológica e próxima do torcedor no Brasil. A consultoria Accenture foi contratada para trabalhar projetos de experiências para os fãs.

Criado no início das obras, o Centro de Experiências, que recentemente fechou acordo de naming rights com a empresa do ramo da construção civil Fassa Bortolo, é usado como uma espécie de showroom do que será o futuro estádio do Atlético, cuja previsão de entrega é para 2023.