Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Premier League

Arsenal assina iniciativa contra mudança climática da ONU

Redação Publicado em 16/11/2020, às 14h19

Imagem Arsenal assina iniciativa contra mudança climática da ONU

O Arsenal se tornou o primeiro clube da Premier League a se comprometer com a "Esporte pela Ação Climática" da ONU.

Ao aderir à iniciativa, o Arsenal concordou em empreender esforços sistemáticos para promover maior responsabilidade ambiental, reduzir seu impacto global sobre o clima, educar sobre a ação climática, promover o consumo sustentável e responsável e defender a ação climática através da comunicação.

Um estudo de 2019 publicado pela BBC e realizado em parceria com a Cúpula do Esporte Positivo, apoiada pela ONU, classificou o Arsenal como o clube mais sustentável da Premier League. Números vistos pela SportsPro em agosto também mostraram que os esforços de sustentabilidade dos londrinos economizaram mais de 10,7 milhões de quilos de emissões de carbono durante 103 jogos em casa.

Hywel Sloman, diretor de operações do Arsenal, disse que o compromisso com o Sports for Climate Action Framework reitera o objetivo do clube de "inspirar nossas comunidades globais" a se comprometerem com "um futuro mais sustentável".

"Junto com nossos parceiros, já implementamos uma série de práticas ambientalmente amigáveis em todo o clube", acrescentou Sloman. "Isto inclui tornar-se o primeiro clube da Premier League a mudar para 100% de eletricidade verde desde o início de nossa parceria com a Octopus Energy em 2016, e uma nova parceria com a empresa de embalagens de alumínio Ball Corporation, que foi projetada para nos ajudar e a nossos milhões de torcedores em todo o mundo a reduzir nosso impacto sobre o meio ambiente".

A Fifa, a Associação de Futebol da Inglaterra (FA) e o Comitê Olímpico Internacional (COI) estão entre as organizações esportivas que já se comprometeram com a estrutura, que visa alinhar-se às metas do Acordo de Paris de 2015 e apoiar a ambição de alcançar a neutralidade climática até 2050.

Outros organismos esportivos que aderiram à iniciativa incluem a Federação Francesa de Tênis (FFT), a Liga Mundial de Surf (WSL) e a Fórmula E, entre vários outros.