Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Covid

Barcelona representa 42% da perda de receita da LaLiga

Redação Publicado em 10/05/2021, às 14h03

Imagem Barcelona representa 42% da perda de receita da  LaLiga

O impacto da Covid-19 está sendo diferente em cada clube e liga. Mas era de se esperar que o impacto financeiro em um time que tem um estádio para quase cem mil pessoas fosse ser alto. De acordo com o 2PlayBook, o Barcelona deixou € 122,98 milhões em seu faturamento entre 2018-2019 e 2019-2020. Este montante é equivalente a 42% dos 294 milhões que os clubes da LaLiga deixaram de ganhar de um ano para outro.

O cálculo foi feito comparando anos fechados e neutralizando aumentos e diminuições de receita relacionados às competições disputadas, ou seja, eliminando a distorção das variações causadas pelas rebaixamentos e promoções, bem como a participação na Liga dos Campeões e na Liga Europa. Portanto, o número difere dos 366 milhões estimados pela Pwc para LaLiga, levando em conta as projeções de faturamento para 2019-2020 antes do fechamento dos estádios.

Neste cenário, o Barça levou o maior golpe, pois sua queda nos negócios triplica a do Real Madrid, que gerou 40,4 milhões a menos que em 2018-2019 para os itens das competições, parceiros e assinantes, televisão e comerciais. O motivo? Seu eterno rival depende muito mais do turismo, que alimentou uma boa parte das vendas do museu e das lojas, que juntas já ultrapassaram 120 milhões anuais.

Esse forte desequilíbrio inesperado no Barça é o que explica que fechou no ano passado com uma perda de 97 milhões de euros, que poderia seguir um número vermelho de 300 milhões em 2020-2021 se a diretoria de Joan Laporta decidir limpar o saldo de uma só vez.