Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Negócios

Bragantino une Red Bull em sócio-torcedor

Erich Beting Publicado em 29/10/2020, às 10h40

Imagem Bragantino une Red Bull em sócio-torcedor

O Red Bull Bragantino lançará, nas próximas semanas, um plano de sócio-torcedor para o clube de Bragança Paulista. Recentemente, o clube definiu que a 2morrow Sports será a responsável pela confecção do plano de relacionamento com torcedores. E o que fez o projeto da agência vencer a concorrência foi exatamente propor a união do Bragantino com o universo Red Bull.


"Nossa ideia foi criar algo que justifique a adesão do torcedor além da troca de ingresso para jogo. E ainda queremos buscar fãs que não estejam só na praça de Bragança Paulista e região, mas que sejam amantes da marca Red Bull", diz Lucas de Paula, cofundador da OutField, que se tornou investidora na 2morrow Sports.

Segundo o executivo, o programa de sócio-torcedor no Brasil é pautado numa premissa de engajamento de fã que, como negócio, não consegue ficar em pé. 

"Temos de desmistificar as métricas tradicionais do sócio-torcedor no Brasil. Se você tem uma taxa de ocupação de estádio que fica sempre abaixo de 75%, matematicamente o negócio do sócio-torcedor não para em pé. O programa de associação é muito mais pautado na jornada completa de consumo do torcedor, que acontece todos os dias. Estamos compondo um programa de parcerias que justifique a adesão que não esteja pautada na prioridade de compra do ingresso".

Daí a ideia de "adicionar" a Red Bull ao Bragantino no projeto da 2morrow. Num primeiro momento, a prioridade será o torcedor de Bragança Paulista. A agência tem buscado empresas da região da cidade do interior paulista para criar parcerias para o lançamento do produto, que acontecerá até o final do ano. Depois, a ideia é associar coisas que só a Red Bull pode oferecer ao clube de sócio-torcedor, como ida para conhecer a equipe de Fórmula 1 da empresa, participar de eventos, etc. 


"Queremos criar algo que justifique a adesão do torcedor que não esteja só na praça de Bragança Paulista e região, mas que seja amante da marca. No nosso planejamento, o primeiro impactado precisa ser o torcedor histórico do Bragantino. O clube de futebol que está hoje na Séries A e B ficaram muito mimados. As receitas com o torcedor ficam marginalizadas dentro de um universo de patrocínio e cota de TV. Mas o fã fica no centro da questão. Queremos aumentar engajamento da torcida e, quando os estádios forem abertos, a taxa de ocupação", diz Lucas.

Segundo o executivo, numa segunda ou terceira etapa o projeto de sócio-torcedor agregará as experiências Red Bull e vai abranger também o fã da marca.