Futebol

Brahma condiciona volta ao Santos a saída de Robinho

por Erich Beting - São Paulo (SP)
A
A

A revelação feita pelo Globo Esporte do conteúdo do processo judicial envolvendo o jogador Robinho deixou o Santos totalmente pressionado a romper o acordo com o atleta. Até o momento, todas as marcas que aparecem na camisa santista condicionaram a continuação do contrato à demissão do jogador. Quem também exigiu a saída de Robinho é a Brahma, que desde o último dia 1° vinha tratando com a diretoria do clube a renovação do contrato encerrado no início do mês. 

"O contrato de patrocínio entre a Cervejaria Brahma e o Santos Futebol Clube se encerrou no dia 1° de outubro deste ano e não foi renovado. Repudiamos veementemente os fatos relatados e não discutiremos sobre a renovação enquanto o jogador tiver contrato com o clube. Agradecemos ao clube pela parceria nesses últimos anos e seguimos ao lado das torcedoras e dos torcedores", disse a empresa em comunicado enviado à Máquina do Esporte.

publicidade
Robinho tem treinado com o time do Santos, mas sua permanência pode gerar a debandada dos patrocinadores do clube
Divulgação/Santos FC
Robinho tem treinado com o time do Santos, mas sua permanência pode gerar a debandada dos patrocinadores do clube
publicidade

A pressão colocada pela Brahma se junta à dos demais parceiros do clube paulista. Até agora, praticamente todos os patrocinadores do Santos exigiram a saída de Robinho. Do contrário, vão encerrar seus contratos. A Orthopride foi a primeira empresa que saiu do clube, antes mesmo de as conversas paralelas de Robinho no caso sobre o estrupo terem sido reveladas.

Nesta sexta-feira (16), Kodilar, Kicaldo, Philco, Casa de Apostas, FoxLux e Tekbond colocaram como condição para manter o patrocínio a saída do atleta. Outras marcas, como Unicesumar, Oceano B2B e Umbro afirmaram que estão acompanhando o caso, mas não impuseram condições para manter o acordo.

Atualmente, a diretoria santista trabalha com a hipótese de entrar em campo neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro, contra o Coritiba, sem nenhum patrocinador no uniforme. A situação só mudaria caso Robinho saia do clube.

publicidade

Estreia do Flamengo levanta audiência da Copa do Brasil