Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Para elas

Burger King vira Burger Queen após patrocínio a time feminino

Redação Publicado em 09/12/2020, às 11h25

Imagem Burger King vira Burger Queen após patrocínio a time feminino

Pelo futebol feminino, o Burger King vai se transformar em Burger Queen. Pelo menos na cidade de Stevenage, na região metropolitana de Londres. A empresa de fast food acertou um aporte com a equipe feminina do Stevenage FC e, para adequar a marca, resolveu usar trocar o "rei" pela "rainha".

Além da mudança, a marca decidiu criar algumas medidas para exaltar o futebol feminino. A empresa divulgou um vídeo, inclusive para o Brasil, para mostrar as dificuldades da modalidade. E estabeleceu que o aporte à equipe das mulheres será, financeiramente, igual ao que a equipe já arcava com o masculino.

Essa, por sinal, não é a primeira vez que a rede de fast food usa o Stevenage em uma campanha que viraliza globalmente. No ano passado, a empresa criou incentivos para quem jogasse com a modesta equipe no jogo Fifa. Chegou a, por exemplo, dar uma batata frita para quem registrasse um gol com a agremiação. A ideia foi fazer do time, levando o patrocínio da empresa, a ser o mais usado no game. 

Camisa do Stevenage com o logotipo do Burger Queen (Foto: Divulgação)

No Brasil, o Burger King também tem se envolvido mais no futebol feminino. A companhia aderiu à nova ação do Guaraná Antarctica para apoiar a modalidade, e ficou com a marca exposta na lata do refrigerante. A ação da Ambev foi abraçada por outras empresas como Puma, Banco Bmg, ESPN, entre outras.

"Em relação ao futebol feminino, sabemos que temos uma longa jornada pela frente, mas para chegarmos aos nossos objetivos, precisamos começar a caminhar. Burger Queen diz respeito ao que eu, Thais, enxergo para o meu futuro e o de todas as mulheres: o respeito, o sucesso e o topo dos lugares em que elas almejam estar", diz a diretora de marketing do Burger King no Brasil, Thais Souza Nicolau.