Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Futebol

City vira sócio de arena multiuso em Manchester

Redação Publicado em 28/05/2021, às 19h09

Imagem City vira sócio de arena multiuso em Manchester
Projeção 3D da Co-op Live, arena multiuso com previsão de ser lançada em Manchester até 2023
Divulgação

O City Football Group (CFG), proprietário do Manchester City e de vários outros times de futebol ao redor do mundo, anunciou uma joint venture com o Oak View Group (OVG) para o Co-op Live, uma nova arena multiuso para 23.500 pessoas na cidade de Manchester (Inglaterra).

Pelo acordo, o City passou a ser investidor do novo espaço, que ficará no complexo Campus Etihad, onde também está o Etihad Stadium, local em que o Manchester City joga suas partidas. Com o acordo, OVG e CFG trabalharão em conjunto para que o Campus Etihad se transforme num destino global de esporte, lazer e entretenimento.

Quem também faz parte da empresa gestora do Co-op é o cantor e compositor Harry Styles, que em outubro do ano passado comprou uma participação minoritária no negócio.

As obras de construção do Co-op Live, que se tornará a maior arena de entretenimento do Reino Unido, começaram no início deste mês de maio, após o projeto ter sido aprovado em setembro de 2020. Estima-se que mais de 2.000 pessoas trabalharão no local durante sua fase de construção de três anos, compreendendo a maioria dos 3.350 empregos totais que o projeto vai gerar até 2023. Além disso, quando entrar em operação, a expectativa é de que a arena empregue mil pessoas regularmente.

“Estamos entusiasmados que a CFG escolheu investir no Co-op Live, e não podemos pensar em um parceiro melhor para este projeto. Estamos criando uma das melhores arenas do mundo em Manchester. Este local ampliará os limites do entretenimento ao vivo e será uma fonte significativa de oportunidades para a cidade. Também sabemos que este é precisamente o momento certo para fazer um investimento financeiro tão substancial em Manchester, ajudando-o a se recuperar do terrível impacto do COVID-19”, disse Tim Leiweke, cofundador e executivo-chefe da OVG.

Para Marty Edelman, diretor do City Football Group, o investimento tem como objetivo dar mais visibilidade à cidade britância como polo de entretenimento.

“O Co-op Live abre o potencial para o Etihad Campus crescer como um destino de entretenimento que cria mais motivos para o país e o mundo visitarem Manchester. A prioridade do presidente e do conselho sempre foi garantir que o Co-op Live se integre perfeitamente ao Campus e complemente a oferta do centro da cidade de Manchester. Como um parceiro de joint venture e investidor, garantiremos que o Co-op Live torne-se parte da estrutura de East Manchester e proporcione o maior impacto comunitário e econômico à medida que Manchester e a região mais ampla sejam reconstruídas a partir do COVID.”, afirmou.

Espera-se que o Co-op Live abrigue cerca de 120 eventos e atraia 1,3 milhão de visitantes anualmente. A cooperativa de consumidores do Reino Unido, Co-op, adquiriu os direitos de nomenclatura para a arena dias depois que a permissão de planejamento foi concedida por meio de um acordo de 15 anos com a OVG.