Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / No bolso

Clubes da Superliga perdem mais de €600 milhões em valor de marca

Redação Publicado em 17/05/2021, às 09h40

Imagem Clubes da Superliga perdem mais de €600 milhões em valor de marca

O "fiasco" da Superliga atingiu o valor e a força da marca de seus clubes. Nesta área, de grande interesse para as equipes, os fundadores da competição fracassada perderam mais de 600 milhões de euros ao longo do ano passado, de acordo com o Relatório Football 50 2021, elaborado pela consultoria Brand Finance.

Após o anúncio da nova liga, o Bayern de Munique conquistou o primeiro lugar como o clube de futebol com a marca mais forte, assim como o valor da empresa. Os atuais vencedores da Liga dos Campeões aumentaram sua força de marca em 0,5% com uma pontuação de 91,9 e o valor empresarial do clube da Baviera em 8,3%, para € 3.6 bilhões de euros.

Em ambos os rankings, o primeiro a sofrer é o Real Madrid, que vinha liderando a tabela em ambos os parâmetros. O relatório Brand Finance reduz o valor da empresa do Real Madrid em 14,9%, de € 4.1 bilhões para € 3.5 bilhões. O outro clube do top-10, o Barça, perdeu ainda mais, 16,5%, caindo para o sétimo lugar com uma valorização de € 2.8 bilhões.

A Premier League, com seis clubes entre os dez mais valorizados do futebol mundial, foi a mais atingida pela pandemia, com o Liverpool FC caindo 22,9%, o Chelsea FC 19% e o Manchester City 14%.