Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Sem homofobia

Clubes se manifestam por dia LGBTQIA+; Inter lança comitê

Redação Publicado em 25/03/2021, às 21h33

Imagem Clubes se manifestam por dia LGBTQIA+; Inter lança comitê

Além das mensagens por inclusão dos LGBTQIA+, alguns clubes lembraram os números de crime cometidos contra pessoas que se identificam com o grupo. O Flamengo, por exemplo, citou o número de mortes motivadas por homofobia no Brasil.

O Internacional foi além. O clube aproveitou a data para lançar o Comitê Interno de Diversidade e Inclusão. Agora, há no contrato, de qualquer funcionário do clube, seja administrativo ou do futebol, “o posicionamento da instituição em relação a práticas preconceituosas”. ´

O clube ainda lançou um manifesto sobre o tema, com o título “Somos diversos, inclusivos e acolhedores”. “Para o Sport Club Internacional, a distinção, o preconceito, a segregação, não têm lugar em seus quadros, sejam eles de funcionários, social ou de torcedoras e torcedores. Combater todo e qualquer tipo de preconceito, mais do que nosso posicionamento social, é nossa obrigação”, afirmou a equipe.

O Dia Nacional do Orgulho LGBTQIA+ foi celebrado em peso pelos grandes clubes brasileiros. Assunto tratado como tabu havia pouco tempo foi usado nas redes sociais, com o uso de frases que ressaltavam termos como “diversidade”, “respeito” e “inclusão”.

Até a tarde desta quinta-feira (25), do chamado G12 do país, grupo com as maiores torcidas formado por Atlético Mineiro, Botafogo, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco da Gama, apenas o Atlético Mineiro não havia publicado algo sobre o tema. A equipe de Belo Horizonte concentrou a comunicação na celebração do aniversário da agremiação.

Beiro-Rio, do Internacional, com as cores do arco-íris (Foto: Reprodução)