Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Em alta

Com Corinthians, Twitter triplica audiência no futebol feminino

Redação Publicado em 11/12/2020, às 20h45

Imagem Com Corinthians, Twitter triplica audiência no futebol feminino

O Twitter registrou um grande aumento na audiência dos jogos do futebol feminino neste ano. Com a parceria de transmissão renovada para o Campeonato Brasileiro, a plataforma exibiu o torneio pela segunda vez consecutiva e viu o número de visualizações saltar.

Na atual temporada do futebol feminino, 5 milhões de pessoas assistiram aos jogos por meio do Twitter. Em 2019, esse número foi de 1,5 milhão. Foi um aumento de 230% na audiência de um ano para o outro.

Não foi só o número de visualizações de partidas ao vivo que o Twitter registrou alta. A plataforma informou em nota que as “conversas”, ou seja, as publicações e as reações a essas publicações, também tiveram um crescimento esportivo a considerar o futebol feminino.

Neste ano, o aumentou nas interações do Campeonato Brasileiro da modalidade tiveram um crescimento de 40% em relação ao ano passado.

Gabi Nunes celebra gol na final do Brasileirão (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)

Parte desse peso maior nas redes estão o Corinthians e o trabalho que o clube tem feito com a modalidade. Campeão do torneio deste ano, a equipe foi a mais citada entre os clubes, e isso com uma conta própria no Twitter para isso, separada do time masculino.

Entre as três atletas mais citadas do torneio, as três foram do Corinthians. Gabi Zanotti, Andressinha e Tamires foram os nomes mais falados no Twitter. Cristiane, do Santos, e Carla Nunes, do Palmeiras, completam as cinco primeiras posições.

“Vemos uma mobilização e um crescimento importante em relação ao futebol feminino no Twitter. Um aumento como este na audiência mostra a relevância que o esporte vem tendo para torcedores”, comentou a gerente de parcerias de conteúdo do Twitter para a América Latina, Mariana Romeu.

“O aumento dos números de audiência nas transmissões do Brasileiro Feminino A1 só enfatiza a consolidação do futebol feminino no cenário nacional e caminha junto com a evolução da competição nos últimos anos”, complementou a coordenadora de competições da CBF, Aline Pellegrino.