Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Elas por elas

Corinthians e Paulistão reforçam futebol feminino engajado

Redação Publicado em 21/12/2020, às 14h05

Imagem Corinthians e Paulistão reforçam futebol feminino engajado

A temporada de 2020 marcou um momento de reafirmação para o futebol feminino no Brasil. Após ganhar popularidade durante a Copa do Mundo de 2019, na França, o esporte conseguiu se mobilizar para ter mais mídia, público e patrocinadores ao longo do último ano, mesmo com as dificuldades provocadas pela pandemia. E, no fim de semana, o segmento reforçou ainda mais um aspecto que sempre esteve presente neste último ano: o discurso feminista.

A partida entre Ferroviária e Corinthians, pelo Campeonato Paulista, deixou isso claro em diversos momentos. A começar por uma ação desenvolvida pela Federação Paulista de Futebol. Na transmissão do jogo na internet, pela FPF TV no Facebook, a narração levantou dados sobre a violência sexual contra mulheres a cada oito minutos. A contagem faz referência ao período em que uma mulher é estuprada no Brasil, segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

“O futebol tem um papel social extremamente importante. E nossa intenção é utilizar a final do campeonato mais tradicional do país, o Paulistão Feminino, para conscientizar sobre um problema que acontece todos os dias, a cada 8 minutos, e é tratado como se fosse trivial”, disse o vice-presidente de marketing e comunicação da federação paulista, Bernardo Itri, ao justificar a iniciativa.

Campanha da Nike exaltou união das atletas (Foto: Reprodução)

O discurso de resistência também pôde ser visto na comunicação oficial da equipe campeã, o Corinthians. As jogadoras do time jogaram com nome de outras mulheres na camisa. Foram escolhidos nomes que foram importantes na vida de cada uma delas. Segundo o clube, foi “mais um capítulo dessa história de sororidade que inspira tantos futuros, no campo e na vida”.

Nas redes sociais, o clube lançou a hashtag #ElasJogandoPorElas, com o mesmo intuito de valorizar a força das mulheres no esporte. O termo foi um dos mais citados do Twitter ao longo do domingo (20), dia da final do Campeonato Paulista.

Por fim, esteve a Nike, principal patrocinadora da equipe paulista. Em vídeo para celebrar mais um título do time no futebol feminino, a empresa exaltou que as jogadoras do esporte entram em campo para defender dois jogos: o do time e o dos direitos de todas as mulheres. "Em um, o Corinthians ganhou. No outro, todas vencemos", diz o texto publicado no vídeo, com imagens das atletas.

As ações feministas seguem diversas outras que têm acompanhado o futebol brasileiro no último ano. Por enquanto, com bom apelo ao público.