Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Mercado

De olho no mercado brasileiro, PSG ampliará produtos licenciados no país

Resolução se deve a um acordo firmado entre Fanatics e Destra, intermediado pela Samba Digital

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 05/11/2021, às 13h55

Produtos licenciados do Paris Saint-Germain serão vistos em maior quantidade no mercado brasileiro - Divulgação
Produtos licenciados do Paris Saint-Germain serão vistos em maior quantidade no mercado brasileiro - Divulgação

O Paris Saint-Germain terá, em breve, uma gama maior de produtos licenciados a serem comercializados no mercado brasileiro. A resolução se deve a um acordo firmado entre a Fanatics (que detém o direito de licenciamento global do clube) e a Destra (plataforma de LaaS (licenciamento como serviço) para marcas e empresas que atuam no mercado de licenciamento de marcas), que foi intermediado pela agência de marketing digital Samba Digital, empresa especializada em internacionalização de marcas.

Com o acordo, a Destra se torna a empresa responsável pela prospecção de licenciamento de negócios de licenciamento da marca do Paris Saint-Germain no Brasil. Para auxiliar no trabalho, a plataforma usará o Destra Conecta, uma ferramenta que atua como um Marketplace B2B que permite que as empresas que produzem produtos com potencial de serem licenciados se conectem diretamente com o clube para oferecer propostas de licenciamento e, como consequência disso, concretizar novos negócios.

"Estamos muito felizes em trabalhar com a Destra para desenvolver nossos negócios no Brasil. A equipe da Destra tem todas as melhores qualidades para uma parceria de marcas. Trata-se de uma empresa focada em resultados, confiável e com pessoas muito boas para desenvolver um ótimo trabalho", afirmou Younes Layati, diretor de licenciamento da Fanatics.  

"É motivo de orgulho para a Destra estar ao lado de marcas tão poderosas quanto a Fanatics, maior empresa de licenciamento do mundo, e do PSG, um dos clubes mais imponentes no cenário futebolístico. Nossas soluções permitirão que o clube aumente o número de produtos licenciados no Brasil, gere maior engajamento com seu público e ainda gere também novas receitas. Somos uma empresa de tecnologia que entende que o diferencial está nas pessoas e nas conexões que elas proporcionam", completou Bruno Koerich, CEO da Destra.

"As marcas quebraram barreiras geográficas e, com isso, o conhecimento local tornou-se indispensável para saber como é a forma de consumo, seja ele de conteúdo, de produtos oficiais ou de qualquer outra forma de relacionamento. A missão da Samba Digital aqui é trabalhar para que nossos clientes tenham esse suporte quando se trata de internacionalização de marcas. Isso vai desde o insight para a produção de conteúdo respeitando os assuntos locais, como também um amplo conhecimento do mercado para se poder gerar oportunidades comerciais como licenciamento de marcas e, consequentemente, a criação de parceiros locais estratégicos que se enquadrem em uma estratégia global", finalizou Frédéric Fausser, CEO da Samba Digital.