Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Mídia

ESPN é nova casa da Bundesliga na América do Sul, com exceção do Brasil

Acordo engloba países de língua espanhola do continente e será válido até 2026

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 08/09/2021, às 12h24

Atual melhor do mundo, Robert Lewandowski é a principal estrela do Bayern de Munique - Reprodução / Twitter (@FCBayern)
Atual melhor do mundo, Robert Lewandowski é a principal estrela do Bayern de Munique - Reprodução / Twitter (@FCBayern)

A Bundesliga anunciou, nesta terça-feira (7), um acordo de direitos de transmissão com a ESPN para todos os países de língua espanhola pertencentes à América do Sul. O contrato é de exclusividade, inclui a Bundesliga 2 (segunda divisão do futebol alemão), a Supercopa da Alemanha e ainda os playoffs de acesso/rebaixamento ao final da temporada.

Pelo acordo, a ESPN terá direitos digitais e televisivos em inglês e espanhol pelas próximas cinco temporadas, ou seja, até 2025/2026. Os países incluídos são Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. No Brasil, a Bundesliga não renovou o acordo com a ESPN em 2020 e segue fora da TV fechada. Por aqui, é possível assistir ao torneio na TV aberta (Band) ou na plataforma de streaming OneFootball.  

Na América do Sul, a parceria fechada pela ESPN tem como principal objetivo alavancar o Star+, serviço de streaming da emissora lançado recentemente em toda a América Latina. Todas as partidas estarão disponíveis na plataforma, além de três jogos por rodada nos canais lineares. Pelos lados da Bundesliga, a ideia é ampliar o alcance do torneio no continente.

“Estamos entusiasmados em construir esta parceria confiável com a ESPN, que nos permitirá trazer o futebol de alta intensidade da Bundesliga para mais perto dos fãs da América do Sul de língua espanhola. Os torcedores sul-americanos têm uma grande paixão pela Bundesliga, que se desenvolveu ao longo dos anos graças ao grande número de jogadores sul-americanos de alta qualidade. Com base nisso, essa parceria será fundamental para aumentar a audiência e o reconhecimento de marca da Bundesliga em todo o continente”, comentou Robert Klein, CEO da Bundesliga International.

“Estamos orgulhosos por expandir nosso relacionamento com a Bundesliga International para trazer uma das ligas de futebol mais competitivas do mundo para mais perto dos fãs na nossa região. Além da transmissão ao vivo de todos os jogos no Star+, a ESPN transmitirá um mínimo de três jogos por rodada em seus canais lineares e também fornecerá destaques e histórias dedicadas à Bundesliga em suas plataformas. Isso expandirá o escopo da liga e impulsionará o envolvimento local em cada país”, completou Mike Walters, vice-presidente de programação e aquisições da ESPN.