Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Direitos de transmissão

Facebook e Disney renovam acordo de compartilhamento de jogos da Libertadores

Com o acordo, Facebook Watch exibirá o dobro de partidas ao vivo a partir deste mês de abril

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 06/04/2022, às 20h41 - Atualizado às 20h43

Flamengo bateu o Sporting Cristal na estreia da Libertadores, que terá transmissão do Facebook Watch e dos canais Disney - Marcelo Cortes / Flamengo
Flamengo bateu o Sporting Cristal na estreia da Libertadores, que terá transmissão do Facebook Watch e dos canais Disney - Marcelo Cortes / Flamengo

O Facebook e o Grupo Disney voltarão a compartilhar jogos ao vivo na Libertadores 2022 assim como fizeram no ano passado. Com isso, tanto os canais da Disney como o Facebook Watch terão o direito de exibir mais jogos da competição.

“Historicamente, o futebol está entre os esportes que mais engajam as pessoas nas plataformas da Meta. E, graças à nossa parceria de sucesso com a Disney desde a última temporada da Libertadores, foi possível levar o campeonato para o próximo nível de experiências de engajamento social, alcançando cada vez mais pessoas e conectando milhões de fãs de futebol em toda a região”, afirmou Leonardo Lenz Cesar, diretor de parcerias da Meta para a América Latina.

Há quatro anos, o Facebook Watch vem transmitindo a Copa Libertadores em toda a região. O novo acordo com o Grupo Disney vale para toda a América Latina e fará com que a plataforma possa dobrar sua oferta de jogos da principal competição sul-americana de clubes.

No Brasil, o Facebook Watch e os canais da Disney exibirão partidas já a partir da primeira rodada da fase de grupos. Nesta temporada, parte dos jogos passarão na rede social, nos canais ESPN (TV por assinatura) e no Star+ (streaming) de terça a quinta-feira.

O acordo prevê também que as partidas sejam transmitidas nos demais países que participam do torneio: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.