Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Vai mudar?

FIFA fará reunião virtual para debater Copa do Mundo bienal

Entidade segue com plano de revolucionar calendário e abre consulta global com associações-membros

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 21/10/2021, às 14h29 - Atualizado às 14h49

Gianni Infantino, presidente da FIFA, vem tentando emplacar projeto de Copa do Mundo bienal - Reprodução
Gianni Infantino, presidente da FIFA, vem tentando emplacar projeto de Copa do Mundo bienal - Reprodução

A FIFA deu mais um passo para que o projeto de realizar a Copa do Mundo a cada dois anos se torne realidade. O Conselho da entidade aprovou a realização de uma cúpula global virtual no dia 20 de dezembro para discutir o que ela diz ser “o futuro do futebol”.

“Precisamos pensar em como desenvolver o futebol do futuro e garantir que nosso esporte seja significativo, emocionante e robusto para as gerações futuras em todo o mundo”, disse o presidente da FIFA, Gianni Infantino, após a última reunião do Conselho.

De acordo com o dirigente máximo do futebol, as mudanças seriam implementadas a partir da temporada de 2025.

“Este é um momento crucial para garantir o desenvolvimento do nosso esporte em todas as 211 associações-membros da FIFA. Conforme determinado pelo recente Congresso da FIFA, a FIFA está considerando todas as opiniões em um processo de consulta abrangente”.

Infantino tem feito uma cruzada a favor do projeto da Copa bienal. Ele encontra, hoje, grande oposição dentro da UEFA, da CONMEBOL e dos principais clubes do mundo. O dirigente, porém, tem feito um trabalho de convencimento da opinião pública e dos países menores, mas que têm peso igual na votação dos destinos do futebol, para tentar emplacar o projeto. Para lançar a ideia, Infantino reuniu no Catar alguns dos principais ídolos do futebol mundial, como o brasileiro Ronaldo, e usou-os como garotos-propagandas do projeto. Agora, quer fazer o mesmo em uma reunião com treinadores de seleções.

“Como órgão governante do futebol mundial, é responsabilidade da FIFA estimular esse debate, e estou animado com as trocas saudáveis ​​que foram feitas até agora de todos os lados. Todos devem ter sua voz ouvida e, justamente por meio do processo de consulta, descobri que muitos nunca tiveram a oportunidade de discutir esse tema de maneira adequada. Este processo de consulta está resolvendo isso, e continuaremos com o objetivo de chegar a um consenso com soluções que funcionem para o benefício de todos. Ao sediar uma cúpula global ainda este ano, teremos a oportunidade de apresentar um plano e fornecer um feedback a todas as nossas associações-membros”, finalizou o mandatário da FIFA.

Uma nova definição poderá vir em março de 2022, quando acontece o 72º Congresso da FIFA, em Doha, no Catar, em conjunto com o sorteio dos grupos da Copa do Mundo no país do Oriente Médio, que acontecerá entre os meses de novembro e dezembro.