Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Crescimento

Futebol feminino bate recorde histórico de público nos EUA

Tendência vista em 2019, antes da pandemia, já começa a ser percebida de novo

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 01/09/2021, às 07h56

Reprodução / Twitter (@NWSL)
Reprodução / Twitter (@NWSL)

O último final de semana ficou marcado por uma quebra de recorde no futebol feminino dos Estados Unidos. A partida entre OL Reign e Portland Thorns, válida pela Liga Nacional de Futebol Feminino (NWSL), no domingo (29), levou ao Estádio Lumen Field, em Seattle, 27.248 torcedores, o maior público já estabelecido em toda a história da modalidade no país.

Vale destacar que o jogo fez parte de uma rodada dupla que envolveu o futebol masculino. Além da vitória do OL Reign sobre o Portland Thorns por 2 a 1, com dois gols da estrela da seleção americana Megan Rapinoe, os torcedores presentes também assistiram à vitória do Portland Timbers por 2 a 0 sobre o Seattle Sounders, em duelo válido pela Major League Soccer (MLS).

O recorde de público até então era de 2019, na vitória do Portland Thorns sobre o North Carolina Courage por 2 a 1. À época, antes da pandemia de Covid-19, 25.218 torcedores estiveram presentes na partida.

Com a volta gradativa do público aos eventos esportivos nos Estados Unidos, a tendência é que o recorde comece a ser batido uma vez atrás da outra. Isso porque a temporada de 2019, a última antes da paralisação total do esporte no país por conta da pandemia, vinha tendo um público médio de mais de 7.300 torcedores, um crescimento de 21% em relação a 2018. Por esse motivo, a NWSL acredita que os números possam aumentar cada vez mais no decorrer deste e dos próximos anos.