Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Direitos de transmissão

Globo tem lucro de R$ 1,3 bilhão no primeiro trimestre, mas teme Copa do Mundo em novembro

Executivo da empresa disse que Mundial da FIFA concorrerá com campanhas de fim de ano

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 19/04/2022, às 12h09 - Atualizado às 12h11

Lothar Matthäus tira a Alemanha no sorteio da Copa do Mundo do Catar 2022 - Reprodução / Instagram (@fifaworldcup)
Lothar Matthäus tira a Alemanha no sorteio da Copa do Mundo do Catar 2022 - Reprodução / Instagram (@fifaworldcup)

Após fechar 2021 com prejuízo de R$ 173 milhões, a Globoconseguiu lucro líquido de R$ 1,3 bilhão no primeiro trimestre deste ano. Apesar disso, Manuel Belmar, diretor geral de finanças da empresa, em entrevista ao site Notícias da TV, disse que teme um novo revés financeiro com a Copa do Mundo do Catarsendo disputada a partir de novembro.

“Devemos ter um aumento de despesas com futebol no segundo trimestre, mas também crescem as receitas. Nossa grande preocupação é com o último trimestre e a Copa do Mundo. Quando compramos a Copa, que é um direito muito caro, jamais sonhamos que ela seria no Catar e em novembro. A expectativa era ser em junho”, afirmou Belmar.

O último trimestre do ano já é época de grandes campanhas publicitárias, como as das redes varejistas para o Natal, o que concorreria com os gastos com anúncios durante o Mundial da FIFA, que será realizado entre 21 de novembro e 18 de dezembro por causa do calor do Catar.

“O último trimestre é um mês que tradicionalmente já existe muita publicidade. Então, há risco de a Copa rivalizar com outras campanhas publicitárias de final de ano. Isso pode reduzir a receita geral”, comentou o executivo.

“Mas podemos ter uma campanha muito boa da seleção brasileira, e estamos trabalhando com os anunciantes. Fora isso, a expectativa é de um ano positivo. Existe ainda chance de algum revés desconhecido da guerra na Ucrânia, uma espiral inflacionária, além do quadro político”, acrescentou Belmar, referindo-se à eleição, cujo segundo turno está marcado para 30 de outubro.

Os horários dos jogos também podem atrapalhar a audiência da Globo. Pelo fuso horário, haverá partidas na fase de grupos às 7h, 10h, 12h, 13h e 16h (horários de Brasília). A partir dos mata-matas, porém, o evento será mais positivo para as transmissões, com jogos às 12h e 16h.

A seleção brasileira pegou horários mais amigáveis para as transmissões esportivas. O Brasil está no Grupo G da Copa e enfrentará Sérvia, Suíça e Camarões. No dia 24 de novembro, o time nacional estreia contra a Sérvia às 16h. Quatro dias depois, enfrenta a Suíça às 10h. E encerra a participação na fase de grupos no dia 2 de dezembro, contra Camarões, às 16h.