Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Ação social

Guerra na Ucrânia motiva Santos a lançar campanha "O Manto Solidário"

Clube faz parceria com Médicos Sem Fronteiras para arrecadar recursos para trabalho em zonas de conflitos

Adalberto Leister Filho - São Paulo (SP) Publicado em 25/02/2022, às 15h24 - Atualizado às 15h26

Guerra na Ucrânia motivou Santos a fazer parceria com a ONG Médicos Sem Fronteiras - Divulgação / Santos
Guerra na Ucrânia motivou Santos a fazer parceria com a ONG Médicos Sem Fronteiras - Divulgação / Santos

A invasão da Ucrânia por tropas russas motivou o Santos a lançar, nesta sexta-feira (25), a campanha “O Manto Solidário”, que doará 50% da arrecadação à ONG Médicos Sem Fronteiras, entidade humanitária internacional que leva cuidados de saúde a pessoas afetadas por graves crises humanitárias, como é o caso da guerra deflagrada nesta quinta-feira (24) pelos russos.

“A gente já estava com a campanha engatilhada, mas depois que aconteceu o início do conflito e a guerra, decidimos direcionar para uma ONG que atua em zonas de conflito”, contou Rafael Soares, diretor executivo de marketing do Santos, em entrevista exclusiva à Máquina do Esporte.

O torcedor que adquirir um wallpaper (descanso de tela para celular ou computador) no site da campanha concorrerá, no jogo seguinte do Santos, à camisa de jogo do primeiro atleta que marcar um gol para o time da Vila Belmiro.

“Ficamos muito felizes com a realização da parceria com o Santos porque a iniciativa nos aproxima de seus milhões de torcedores, permitindo que eles possam torcer e ao mesmo tempo contribuir com o trabalho da Médicos Sem Fronteiras”, disse Leanne Neale, diretora de captação de recursos da entidade.

A ação seria iniciada na última quarta-feira (23), na partida contra o Salgueiro-PE, na estreia santista na Copa do Brasil. No entanto, com a aproximação do conflito na Ucrânia, a diretoria do clube optou por direcionar a ação a uma ONG que atuasse nesse tipo de problema. Daí surgiu a ideia de realizar a campanha em parceria com a organização Médicos Sem Fronteiras.

“A gente estava com a ação pronta com outra instituição. Mas decidimos apresentar a ideia para eles. Fizemos três ou quatro reuniões no mesmo dia. Eles aprovaram a campanha, e a gente conseguiu lançar hoje”, contou Soares.

Com isso, o primeiro jogo que valerá para a campanha será contra o Novorizontino, no próximo domingo (27), na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista.

“É a camisa de jogo suja, suada. Vamos colocar para ser sorteada”, revelou o diretor, que acatou sugestão da Máquina do Esporte de autografá-la. “Pode ser autografada também. A gente não tinha pensado nisso”, aprovou Soares. “Tem o valor em si porque é a camisa que entrou em campo e foi usada”, acrescentou.  

Os sorteios, que acontecerão em jogos do Santos pelo Paulistão e Copa do Brasil, serão realizados somente nas partidas em que o clube empatar ou vencer.

“Essa campanha vai até o final de abril, mas vamos fazer novas ações com a Médicos Sem Fronteiras ao longo de todo o ano”, finalizou Soares.