Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Testes rápidos

LaLiga gastou € 16 milhões em testes PCR e mudará protocolos

Redação Publicado em 14/01/2021, às 13h13

Imagem LaLiga gastou € 16 milhões em testes PCR e mudará protocolos

A LaLiga está tendo um alto custo para manter a competição segura. Segundo o Palco23, a liga já gastou € 16 milhões em testes PCR e mais de 350 mil em testes antígenos.

Para reduzir o gasto, a LaLiga mudará os protocolos e trocará os exames PCR pelos testes rápidos.  O Comitê Executivo LaLiga aprovou a mudança, que visa reduzir os gastos da liga e dos clubes, mas sem perder a eficácia do controle de infecções tanto na primeira quanto na segunda Divisão.

Em outubro passado, a Associação Espanhola de Futebol (AFE) informou que os testes PCR são obrigatórios também para a terceira e quarta divisão, além dos clubes femininos.  Em resposta às reclamações de vários clubes sobre a impossibilidade de fornecer os pagamentos contínuos que isso implicaria, a AFE anunciou que a Real Federação Espanhola de Futebol (Rfef) será responsável pelo pagamento e distribuição de todos os testes que serão realizados durante a temporada 2020-2021.

LaLiga mudará o protocolo de testes
Crédito: Divulgação