Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Cidadania

LaLiga se une ao EA Sports FIFA 2022 e lança semana antirracismo

Iniciativa busca conscientizar sobre a importância de erradicar o racismo em todas as áreas da sociedade

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 17/03/2022, às 08h15

Campanha contará com ativações on-line e off-line até a próxima segunda-feira (21) - Divulgação / LaLiga
Campanha contará com ativações on-line e off-line até a próxima segunda-feira (21) - Divulgação / LaLiga

A LaLiga lançou, nesta quarta-feira (16), em parceria com o EA Sports FIFA 2022, uma iniciativa que busca conscientizar sobre a importância de erradicar o racismo em todas as áreas da sociedade. Chamada de semana antirracismo, a campanha contará com ativações on-line e off-line até a próxima segunda-feira (21), data em que é celebrado o Dia Internacional pela Eliminação da Discriminação Racial.

Nos próximos dias, as seguintes ativações serão colocadas em prática:

  • Juntos vs Racismo: um kit para o EA Sports FIFA 22, que estará disponível no jogo a partir desta sexta-feira (18) até o final da temporada. Além disso, vários consumíveis serão criados, como leds, banners, flags, etc. para conscientizar os gamers;
  • Redes sociais: um filtro no perfil do Instagram da LaLiga permitirá que todos os usuários possam aderir à iniciativa e deixar sua marca contra o racismo;
  • Ativações em partidas da LaLiga: nos jogos da 29ª rodada, neste próximo fim de semana, a LaLiga propôs aos clubes que os 11 titulares das partidas entrem em campo com as camisas criadas para a iniciativa e a hashtag #TogethervsRacism;
  • Ativações com jogadores: histórias de jogadores e treinadores também servirão de inspiração para os torcedores agirem em prol de coibir atos violentos e racistas, com mensagens de incentivo e apoio para acabar com esse tipo de comportamento.

A campanha contará com mensagens em vários idiomas de cerca de vinte jogadores, como Aubameyang (Barcelona), Carrasco e Savic (Atlético de Madrid), Joaquín (Betis) e Danjuna (Villarreal), entre outros, além das histórias de Iglesias (Betis), Akapo (Cádiz), Ramalho (Osasuna), Monchi (Sevilla) e Owono (Alavés).