Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Negócios

Milan deve ser comprado por fundo de capital de risco do Bahrein

Segundo imprensa italiana, Investcorp deve finalizar negociação até a próxima sexta-feira (29)

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 27/04/2022, às 11h33 - Atualizado às 11h35

Atual líder do Campeonato Italiano, Milan deve ser adquirido pelo fundo Investcorp, do Bahrein - Reprodução / Instagram (@acmilan)
Atual líder do Campeonato Italiano, Milan deve ser adquirido pelo fundo Investcorp, do Bahrein - Reprodução / Instagram (@acmilan)

O Milanestá cada vez mais perto de ser adquirido pelo fundo de capital de risco Investcorp, com sede no Bahrein. Segundo o jornal Il Sole 24 Ore, especializado em economia, a Investcorp deve finalizar a negociação até a próxima sexta-feira (29).

Atualmente, a Investcorp possui escritórios nos Estados Unidos, Reino Unido, Arábia Saudita, Catar, Emirados Árabes, Índia, China e Cingapura. O fundo possui mais de US$ 37 bilhões em ativos sob gestão.

O empresário de mídia e ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi vendeu o Milan ao investidor chinês Li Yonghong em 2017 por € 740 milhões, incluindo dívidas. No ano seguinte, porém, o fundo de risco Elliott Management, dos Estados Unidos, assumiu o controle do time após Yonghong não pagar uma parcela de € 300 milhões por um empréstimo que havia feito. O Milan, atual líder do Campeonato Italiano, está avaliado em cerca de € 1 bilhão.

Na semana passada, o assunto já era recorrente na imprensa europeia. De acordo com informações da agência internacional de notícias Reuters do último dia 20 de abril, a venda já estava quase concluída, no que seria o primeiro investimento de uma empresa do Oriente Médio no futebol italiano.