Futebol

MLS demite 20% dos funcionários

por Redação
A
A

A Major League Soccer (MLS) demitiu 20% do pessoal em sua sede em Nova York, numa tentativa de mitigar o impacto financeiro da pandemia de Covid-19, de acordo com relatórios nos EUA.

Os supostos cortes de empregos, relatados pela primeira vez pelo Philadelphia Inquirer, totalizam cerca de 70 funcionários e vêm depois que a MLS decretou um corte de 25% nos salários do pessoal sênior, incluindo o comissário Don Garber, em abril.

publicidade
publicidade

A liga acabou voltando a jogar em julho com um torneio de portas fechadas em Orlando antes de retomar sua temporada regular em agosto.

Com os torcedores ainda impossibilitados de comparecer aos jogos, a MLS está prevendo perdas de receita na rodada superiores a US$ 1 bilhão e está considerando iniciar sua temporada 2021 tão tarde quanto abril, a fim de permitir que as equipes recebam torcedores.

publicidade

Edição 2020 do Ayrton Senna Racing Day será individual e virtual