Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Ação social

Neymar parabeniza Coritiba por espaço para autistas verem jogos no Couto Pereira

Clube fará leilão nesta terça-feira (3) para arrecadar dinheiro para construir Sala de Acomodação Sensorial para famílias

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 02/05/2022, às 16h33 - Atualizado às 16h45

Neymar no vídeo em que parabeniza o Coritiba pela iniciativa de receber público autista no estádio - Reprodução / Instagram (@coritiba)
Neymar no vídeo em que parabeniza o Coritiba pela iniciativa de receber público autista no estádio - Reprodução / Instagram (@coritiba)

O atacante Neymar, do PSG, foi às redes sociais para parabenizar o Coritiba pela iniciativa de montar uma sala no Estádio Couto Pereira, para que possa receber autistas para assistir aos jogos do clube

“Parabéns ao Coritiba e ao projeto ICO pela inovação e o cuidado com os autistas. O Couto Pereira terá o primeiro espaço dedicado para que os autistas assistam futebol nos estádios. Espero que isso sirva de exemplo para todos os clubes, e que mais autistas possam ser incluídos em eventos esportivos”, afirmou Neymar, em vídeo postado pelo time paranaense e o Instituto ICO nas redes sociais.

A iniciativa do Coritiba começou no mês passado, quando o time entrou em campo, para enfrentar o Maringá, pela final do Campeonato Paranaense, com uma camisa customizada nas cores e formas utilizadas para a divulgação da causa do espectro autista.

O projeto é tocado em parceria com o Instituto ICO, que ajudou o clube na divulgação de ações de conscientização em abril.

As camisas utilizadas pelos jogadores na vitória por 4 a 2, que deu o título estadual ao Coritiba, serão leiloadas nesta terça-feira (3) para arrecadar dinheiro para a montagem de um espaço no estádio para receber esse público e suas famílias. A Sala de Acomodação Sensorial também servirá como ferramenta no processo de inclusão e sociabilização dessas crianças.

As paredes serão customizadas e terão tratamento acústico e mobiliário adequado para receber os autistas. Haverá uma equipe treinada para recepcionar esse público e, em conjunto com o ICO, o Coritiba também promoverá treinamento de funcionários.

O espaço auxiliará no processamento dos estímulos sensoriais, que muitas vezes são percebidos em excesso pela criança com autismo, causando-lhe muito desconforto. Um espaço preparado adequadamente traz contribuições para a aprendizagem de rotina, conteúdos e reorganização dessas crianças no espaço social.

“Essa iniciativa do Coritiba é a concretização de direitos que muitas vezes ficam só na teoria. Ficamos muito felizes com essa parceria, pois amplia o conhecimento dessas práticas tanto no acolhimento quanto no uso do espaço social para o autista e suas famílias. São ações estruturantes como essa que promovem transformação social”, resumiu Elyse Matos, fundadora do Instituto ICO.