Futebol

No SBT, Flamengo perde metade da audiência pela Libertadores

por Redação
A
A

Na noite da última terça-feira (1), o Flamengo se despediu da Libertadores após perder nos pênaltis para o Racing da Argentina. Na televisão, o clube viu a visibilidade cair pela metade com a mudança de endereço da competição, da Globo para o SBT.

Na região metropolitana do Rio de Janeiro, a partida desta semana conseguiu 19 pontos de audiência no SBT, com participação de 28% das televisões ligadas. A Globo, com a novela A Força do Querer e com o reality show The Voice conseguiu 24 pontos no mesmo horário.

A grande diferença para o Flamengo está na comparação com 2019. Pela mesma fase da Libertadores, as oitavas de final, o time enfrentou o Emelec na temporada anterior. Na ocasião, a Globo transmitiu a partida e conseguiu 43 pontos, com 61% de participação das televisões ligadas. Ou seja, mais do que o dobro de audiência obtido neste ano.

publicidade
Flamengo não conseguiu passar pelo Racing (Foto: Alexandre Vidal / CRF)
Flamengo não conseguiu passar pelo Racing (Foto: Alexandre Vidal / CRF)
publicidade

O alívio do SBT veio apenas nas disputas de pênaltis. Nesse momento, a audiência do canal estourou, e a emissora alcançou o primeiro lugar. Com as penalidades, a partida chegou a 23 pontos, contra 11 da Globo, que exibia o The Voice.

Neste ano, a Globo não terá mais a forte concorrência do SBT com o futebol no Rio de Janeiro; não há mais cariocas na competição. A emissora, no entanto, ainda terá que incômodos em Porto Alegre, com Grêmio e Internacional, e em São Paulo, com Palmeiras e Santos.

Sem a Libertadores, a Globo tem levado jogos do Brasileirão para o meio de semana. Para o mercado de São Paulo, por exemplo, a emissora exibirá o duelo entre Fortaleza e Corinthians, nesta quarta-feira (2).

Na Grande Rio de Janeiro, cada ponto do Ibope representa 47 mil domicílios ou 121 mil indivíduos.

publicidade

Por audiência, Athletico terá Twitch e Porta dos Fundos contra Flamengo