Futebol

Patrocinador rompe com o Santos após contratação de Robinho

por Redação
A
A

A contratação de Robinho pelo Santos já está trazendo consequências para o clube.  A Orthopride, empresa de ortodontia, que anunciava dentro dos números da camisa, rompeu o contato com o alvinegro.

publicidade
publicidade

"Nós temos enorme respeito pela história do Santos. Mas neste momento decidimos pelo rompimento do contrato de patrocínio. Nosso público é majoritariamente feminino e, em respeito às mulheres que consomem nossos produtos, tivemos que tomar essa decisão. Queremos deixar claro que não fomos informados previamente sobre a contratação do Robinho, fomos pegos de surpresa pela imprensa no fim de semana", disse Richard Adam, diretor de operações da empresa ao GE.


Robinho foi condenado a nove anos de prisão na Itália por “violência sexual em grupo”. A decisão é em primeira instância e o jogador recorre. O jogador, de 36 anos, está livre para jogar até a sentença definitiva.

publicidade

Em um comunicado liberado pelo clube na última quarta-feira (14), o Santos se defendeu e disse que não há condenação definitiva, afirmando ainda que é “contra qualquer tipo de violência, especialmente contra a mulher”.


"Ressalta-se ainda que não há condenação definitiva e o atleta responde em liberdade e não será o Santos que lhe dará uma sentença antecipada, prejulgando e o impedindo de exercer sua profissão", afirma a nota do clube, que lamenta a "era dos cancelamentos”.

publicidade

Orlando City pode ser vendido por US$ 400 milhões