Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Direitos de transmissão

Pela primeira vez, Premier League fatura mais no exterior com direitos de transmissão

Direitos internacionais de liga foram negociados por £ 5,3 bilhões para o ciclo de 2022 a 2025

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 11/02/2022, às 11h53 - Atualizado às 11h55

Premier League receberá £ 5,3 bilhões por direitos internacionais de mídia para o período entre 2022 e 2025 - Reprodução / Instagram (@premierleague)
Premier League receberá £ 5,3 bilhões por direitos internacionais de mídia para o período entre 2022 e 2025 - Reprodução / Instagram (@premierleague)

Pela primeira vez na história, a Premier League, da Inglaterra, faturará mais com direitos de transmissão vendidos ao exterior do que no mercado doméstico.

Os clubes foram informados de que o valor dos acordos internacionais de transmissão será de £ 5,3 bilhões para o ciclo de 2022 a 2025. No mercado doméstico, os direitos foram vendidos a £ 5,1 bilhões. Ou seja, haverá arrecadação de cerca de £ 10,4 bilhões no próximo ciclo comercial.

O crescimento da participação dos direitos internacionais é ainda mais significativo se considerarmos a arrecadação do ciclo de 2013 a 2016, que foi de £ 2,42 bilhões. De 2016 a 2019, a receita internacional pela transmissão dos jogos chegou a £ 3,82 bilhões. Já no ciclo atual, de 2019 a 2022, a arrecadação foi de £ 4,27 bilhões.

Ou seja, o próximo ciclo conquistou um aumento de quase 120% dos direitos internacionais de mídia em relação ao período de 2013 a 2016 e crescimento de 24% em relação ao período de 2019 a 2022.

Comparando esses números com as outras cinco grandes ligas europeias, a Premier League está muito à frente, dando aos times ingleses enorme vantagem financeira. A LaLiga, da Espanha, é quem ocupa a segunda posição em direitos internacionais. O torneio está na segunda metade de um ciclo de cinco anos, com valor de £ 3,7 bilhões. Os direitos de mídia para o mercado doméstico renderão outros £ 2,9 bilhões para a LaLiga.

A Serie A, da Itália, está com um contrato de três anos no valor de £ 569 milhões. Já a Bundesliga, da Alemanha, ganha quantia semelhante, mas por um contrato de quatro anos. As duas ligas anunciaram planos para aumentar suas receitas no exterior.

Tanto o Campeonato Alemão quanto o Italiano desapareceram das transmissões brasileiras nos anos recentes. Atualmente, os direitos de mídia da Serie A no Brasil estão com o Grupo Disney e a Bundesliga é transmitida pelo aplicativo OneFootball no streaming.

Os maiores beneficiados do novo acordo da Premier League serão os clubes. Na temporada passada, os times dividiram uma bolada de £ 2,45 bilhões. O Manchester City, campeão inglês, foi quem embolsou mais: £ 153 milhões. Mas a diferença em relação ao Sheffield United, último colocado da competição e dono da menor cota, não foi tão significativa. O time da cidade do norte da Inglaterra ganhou £ 96,5 milhões.

O campeão da Premier League na temporada 2022/2023 deverá ganhar £ 176 milhões. Quem levantar o troféu na atual temporada, 2021/2022, deverá manter o mesmo patamar de £ 153 milhões obtido pelo City no ano passado.