Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Oportunidade

Penalty é parceira da 2ª Peneira Sub-17 de Futebol Feminino da FPF

Iniciativa dá oportunidade a meninas entre 14 a 17 anos de idade que pretendem se tornar jogadoras profissionais

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 14/10/2021, às 14h41

Marca fornece acessórios necessários para a prática do futebol, como chuteiras, meiões, caneleiras, luvas e coletes - Divulgação / Penalty
Marca fornece acessórios necessários para a prática do futebol, como chuteiras, meiões, caneleiras, luvas e coletes - Divulgação / Penalty

A Penalty é a parceira esportiva da 2ª Peneira Sub-17 de Futebol Feminino, organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF). A iniciativa tem como principal objetivo dar oportunidade a meninas entre 14 a 17 anos de idade que pretendem se tornar jogadoras profissionais. O evento teve início nesta quinta-feira (14) e irá até sexta-feira (15).

A fabricante brasileira está fornecendo todo tipo de acessórios necessários para a prática do futebol, como chuteiras, meiões, caneleiras, luvas e coletes. Além disso, a marca ainda promoverá sorteios de kits entre as participantes que sonham em seguir carreira no esporte. 

“A Penalty tem uma história de décadas de parceria com a Federação Paulista de Futebol, em uma relação de confiança construída ao longo da nossa trajetória no mercado. Estar presente com a entidade em um evento como esse, que evidencia a importância do futebol feminino e incentiva a entrada das jovens atletas na modalidade, é motivo de muito orgulho para nós”, destacou Carlos Augusto Ferrari Saraiva, consultor de relações esportivas da Penalty.

“A Penalty e o futebol paulista possuem uma parceria de longa data, e fico muito feliz em ver esse apoio ser estendido ao futebol feminino, sobretudo para jovens atletas que estão iniciando um sonho. A peneira foi pensada para dar oportunidade a meninas que, muitas vezes, não têm um local para jogar, não têm um clube para buscar uma chance. A ideia é que os clubes possam ver de perto essas meninas, que serão acompanhadas por práticas pedagógicas inclusivas e feitas por profissionais capacitados”, explicou Ana Lorena Marche, coordenadora de futebol feminino da FPF e colunista da Máquina do Esporte.

No total, foram disponibilizadas 200 vagas para as atletas se apresentarem nos dois dias de seletiva no Centro de Práticas Esportivas da USP (Cepeusp). As garotas serão divididas em quatro turmas, em quatro períodos. Todos os clubes que integram a disputa do Paulista Sub-17 2021 contarão com representantes na peneira. Contudo, não poderão entrar em contato direto com as atletas. Apenas no final da seletiva as equipes poderão encaminhar os nomes das jogadoras que tenham interesse em contratar para a FPF.