Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Negócios

Real e Barcelona atrasam devolução de € 300 milhões em empréstimos

Redação Publicado em 17/05/2021, às 17h45

Imagem Real e Barcelona atrasam devolução de € 300 milhões em empréstimos

O Real Madrid e o FC Barcelona respiram aliviados. Ambos os clubes aproveitaram o novo prazo aprovado pelo governo espanhol para reembolsar em dez anos os empréstimos do Instituto de Crédito Oficial (ICO). Segundo El Confidencial, ambos os clubes têm uma dívida total de 300 milhões de euros.

O clube azulgrana solicitou um empréstimo de 100 milhões de euros após o surto da pandemia para lidar com o fechamento de suas instalações esportivas e a subsequente reabertura sem público nas arquibancadas. Caso a queda do faturamento seja de 30% e a entidade encerre o ano em prejuízo, a empresa poderá solicitar a um credor a remoção.

Segundo o presidente do clube catalão, Joan Laporta, quando a auditoria foi concluída para conhecer o estado financeiro em que o clube está, eles puderam discutir os termos dos empréstimos com os diferentes bancos nacionais como Caixabank, Santander ou Banco Sabadell. Espera-se que o FC Barcelona exceda 200 milhões de euros de perdas no atual exercício financeiro.

Por outro lado, o Real Madrid, que solicitou um empréstimo de 200 milhões de euros, 50% do qual foi concedido pelo Caixabank, também aproveitará a moratória do ICO. Espera-se que o clube encerre o ano financeiro de 2020-2021 com uma perda de cem milhões de euros.