Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Negócios

Receitas da Mediapro caem 19% em 2020

Redação Publicado em 12/11/2020, às 13h41

Imagem Receitas da Mediapro caem 19% em 2020

A Mediapro viu a receita em 2019 cair 19% em relação ao ano anterior para 1,2 bilhões de euros, de acordo com as contas anuais apresentadas pela empresa espanhola de mídia.

Primeiro relatado pelo jornal CincoDias, o documento também revela que a Mediapro aumentou seus lucros em 45% para 188 milhões de euros.


O sucesso da Mediapro na comercialização de seus direitos de mídia da LaLiga foi destacado como uma fonte de receita chave no relatório, assim como outros acordos de transmissão, como seu contrato de sub-licenciamento com a Telefónica para as competições de clubes da Liga dos Campeões da Uefa e Europa League.

A empresa também citou sua seção de esportes ao vivo como estando por trás de seu crescimento de lucro. Além de ser a produtora do conteúdo de transmissão da La Liga, a Mediapro fechou o contrato de árbitro assistente de vídeo (VAR) para a Conmebol, bem como acordos na Grécia, Marrocos, Egito e Kuwait.

Enquanto as margens de lucro da Mediapro mostram que a empresa sediada em Barcelona está em boa forma, sua matriz Joye Media viu recentemente sua classificação de crédito ser reduzida pela Moody's.

Isso aconteceu em meio à batalha pública da Mediapro na França com a Liga Profissional de Futebol (LFP) por seus direitos na Ligue 1 e na Ligue 2. De acordo com o L'Équipe, a Mediapro, que levou seu caso ao Tribunal Comercial de Nanterre, está exigindo um desconto entre 170 milhões de euros e 200 milhões de euros  sobre seu pagamento total devido nesta temporada.