Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Lobby

SBT faz campanha por "Lei do Mandante" na final da Copa América

Redação Publicado em 12/07/2021, às 02h22

Imagem SBT faz campanha por "Lei do Mandante" na final da Copa América

O SBT aproveitou o apelo da final da Copa América, entre a seleção brasileira e a seleção argentina, para explicitar o apoio à chamada "Lei do Mandante", em que o direito de arena fica com a equipe mandante. Ou seja, cada clube poderia negociar os direitos de transmissão, independentemente do parceiro de mídia do adversário.

Poucos minutos antes do início da decisão, que chegou a marcar 20 pontos de média em São Paulo, segundo os dados preliminares, e deixou a emissora na frente da Globo, o narrador Teo José leu um comunicado sobre as discussões que envolvem os direitos de transmissões no Brasil.

"Você sabe o que é o Projeto de Lei do Futebol Livre? É um projeto de lei que vai garantir o direito do time de futebol que joga em casa ter liberdade para decidir qual emissora vai exibir a partida. A medida valerá para todos os contratos novos, garantirá maiores opções aos torcedores e vai acabar com os jogos sem transmissão. Na próxima terça-feira (13), a Câmara votará esse projeto de lei, mas há tentativa de incluir uma emenda que desfigura totalmente essa importante lei que beneficia clubes e torcedores. Alerte o seu deputado! Diga não à tentativa de incluir essa emenda, e sim ao Projeto do Futebol Livre", afirmou o narrador.

Teo José foi o responsável por ler o texto do SBT a favor da 'Lei do Mandante' (Foto: Divulgação)

O discurso deve ser entendido como uma sinalização clara de que o SBT lutará por direitos de transmissão de torneios nacionais. Atualmente, a emissora conta apenas com a Libertadores, além da Champions League, que estreará na grade já na próxima temporada.

O aceno da emissora chega justamente em um momento em que começam a esquentar as negociações pelo próximo ciclo de transmissões do Campeonato Brasileiro, válido a partir de 2025. Além disso, o canal comandado por Silvio Santos deverá brigar pela transmissão do Campeonato Paulista do próximo ano.

O SBT também fez, no discurso de pré-jogo, um ataque direto à Globo. A "emenda" citada no texto se refere àquela que tem sido chamada nos bastidores de "Emenda Globo", que assegura que a lei passe a valer apenas em contratos assinados após sua assinatura.

Com essa medida, a Globo garantiria a manutenção dos acordos com os clubes conforme haviam sido previamente estabelecidos. Por outro lado, forçaria clubes que subirem à Série A a assinar com o canal.

A nova lei é defendida por um grupo de clubes do Brasil, chamado "Futebol Mais Livre". Equipes como Flamengo, Palmeiras e, mais recentemente, Corinthians formam o movimento que pedem pela aprovação da Lei do Mandante.