Schalke anuncia retirada da Gazprom da camisa após invasão russa à Ucrânia

O Schalke anunciou, nesta quinta-feira (24), a retirada do logotipo da Gazprom do espaço de patrocinador máster da camisa do time. A decisão ocorreu após a invasão da Ucrânia por tropas russas. A Gazprom é uma empresa de energia da Rússia e uma das maiores exportadoras de gás natural do mundo. A companhia estampava a propriedade principal da camisa do clube alemão desde 2007.

“Diante da escalada de acontecimentos dos últimos dias, o Schalke decidiu retirar das camisas a marca do seu principal patrocinador, a Gazprom. Essa etapa segue discussões realizadas com a Gazprom Alemanha. Em seu lugar, será utilizada a marca ‘Schalke 04’ nas nossas camisas”, informou o clube, em comunicado oficial.

Um dos clubes mais tradicionais da Alemanha, o Schalke disputa atualmente a segunda divisão do país. A equipe ocupa a quinta posição na tabela de classificação, com 40 pontos, e não subiria para a Bundesliga se a competição terminasse hoje.

O clube tem como sede Gelsenkirchen, conhecida cidade operária e produtora de energia, que atualmente é a maior geradora de energia solar da Alemanha.

Além do Schalke, a Gazprom também patrocina a UEFA, entidade que comanda o futebol europeu, sendo, portanto, uma das principais marcas patrocinadoras da Champions League.