Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Sem acordo, São Paulo tira patrocinadores de uniforme de treino

Erich Beting Publicado em 02/03/2021, às 02h40

Imagem Sem acordo, São Paulo tira patrocinadores de uniforme de treino
Jogadores do São Paulo durante treino do clube, com a camisa de treino sem a marca de cinco patrocinadores da última temporada
Divulgação/SPFC

O São Paulo utilizou nesta segunda-feira (1°) os novos uniformes de treino fornecidos pela Adidas ao clube. A camisa foi apresentada durante a prática da atividade física comandada pelo técnico Hernan Crespo um dia após o empate contra o Botafogo, na estreia do time no Campeonato Paulista.

Chamou a atenção do uniforme as ausências de Banco Inter e MRV, os dois patrocinadores mais antigos do clube. As duas empresas tinham estendido, em janeiro, o vínculo com o São Paulo por mais um mês, até o término do Campeonato Brasileiro, que foi na última quinta-feira, dia 25. Como o jogo pelo Paulistão ainda foi disputado em fevereiro, os patrocinadores seguiram na camisa.

A ausência de Inter e MRV sinaliza que a renovação com as duas empresas está travada. Desde que assumiu o clube, em janeiro deste ano, a diretoria de marketing são-paulina busca maior valorização das duas propriedades (o banco digital está no peito do uniforme, enquanto a construtora, na clavícula).

Até o momento, porém, as negociações não evoluíram. O Banco Inter, que entrou em 2017 no São Paulo, pagava cerca de R$ 15 milhões por ano ao clube, além de dividir os lucros da operação de banco digital com a marca do São Paulo. Já a MRV desembolsava cerca de R$ 4 milhões, em acordo modificado durante a pandemia, quando a marca deixou a parte das costas do uniforme para ir para a clavícula, com muito menos exposição.

Ainda na gestão Leco, o São Paulo havia estendido até o fim de fevereiro os acordos não só com os dois patrocinadores como os contratos com colchões Gazin, Urbano Alimentos e Betsul. Essas três empresas também discutem a renovação do contrato e não estão estampadas na camisa de treino do time.

Até agora, os três únicos patrocínios garantidos até o final de 2021 são com a Konami, produtora do game PES 2021 (marca estampada na manga da camisa de treino), Cimento Cauê (barra traseira tanto da camisa de treino quanto da de jogo) e Cartão de Todos (calção dos dois uniformes).

A reportagem tentou contato com Eduardo Toni, responsável pelo marketing são-paulino, e com o presidente Júlio Casares. Ambos, porém, não responderam às mensagens enviadas.