Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Liga separatista

Superliga contava com apoio secreto da Fifa, diz jornal

Redação Publicado em 20/05/2021, às 15h46

Imagem Superliga contava com apoio secreto da Fifa, diz jornal

De acordo com o The New York Times, a Fifa apoiou e manteve conversas durante meses com os clubes fundadores da Superliga. A competição independente causou rebuliço no mundo esportivo quando foi lançada e foi abandonada em menos de  48 horas.

O jornal americano disse que o acordo era tão secreto que recebia um codinome mesmo em contratos compartilhados entre os fundadores. O jornal teve acesso a cópia desses documentos, que identificavam a Fifa como "W01" e afirmam que a parceria era “uma condição essencial para a implementação do projeto SL”.

Publicamente, a Fifa e seu presidente, Gianni Infantino, se juntaram a outros líderes do futebol, torcedores e políticos para derrubar o projeto, criado por 12 grandes times europeus. Mas internamente, o órgão estava ciente dos planos da Superliga.

Em pelo menos uma das reuniões, o grupo separatista teria feito uma proposta em troca do endosso da Fifa a seu projeto. Os clubes da Superliga concordariam em participar de uma Copa do Mundo anual patrocinada pela entidade, e ainda renunciariam aos pagamentos pela participaçao, o que representaria uma receita de até US$ 1 bilhão por ano para o órgão regulador do futebol mundial.

"Obter o apoio da FIFA não era apenas uma proteção; o consentimento da organização foi necessário para evitar que o projeto fosse envolvido em um litígio demorado e caro e para impedir quaisquer punições para os jogadores que participaram", diz um trecho da reportagem.