Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Negócios

Zaragoza retoma negociações com empresário para venda do clube

Equipe possui dívida de R$ 413 milhões e busca investidor para reestruturação financeira

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 27/12/2021, às 15h36 - Atualizado às 15h38

Endividado, Zaragoza tenta reestruturação financeira com venda do clube - Reprodução / Instagram @realzaragoza
Endividado, Zaragoza tenta reestruturação financeira com venda do clube - Reprodução / Instagram @realzaragoza

O Zaragoza retomou negociações para venda do clube para José María Gallego, diretor e acionista minoritário do Betis.

As bases econômicas do acordo são desconhecidas, mas a diretoria havia pedido € 20 milhões (R$ 127,8 milhões) para realizar a venda. Esse valor depende, porém, do fechamento do balanço de 2021/2022 e de como está o montante da dívida da equipe.

A operação é complexa, já que o Zaragoza deve € 64,66 milhões (R$ 413,3 milhões) entre débitos fiscais e outros credores ao final do ano fiscal 2020/2021. Nos próximos meses haverá necessidade de quitar dívidas de € 12 milhões (R$ 76,7 milhões). Não bastasse isso, a pandemia ainda gerou prejuízo de € 2,5 milhões (R$ 16 milhões).

Embora o prazo para que haja uma negociação exclusiva tenha terminado na semana passada, Alierta e Gallego postergaram essa data para 15 de janeiro.

Gallego está em negociação com diferentes fundos de investimento, que assumiriam o papel de reestruturar a dívida. Entre essas empresas, de acordo com a Bloomberg, está a Prospects Sports Solutions. A negociação depende disso, já que o empresário admitiu que não irá assumir 51% do Zaragoza se não houver uma reestruturação da dívida.

O empresário ambiciona construir um grupo que assuma o controle de vários clubes. Neste ano, Gallego comprou 80% do Amora, clube da terceira divisão de Portugal, por € 1 milhão (R$ 6,4 milhões).

Neste ano, o Zaragoza quase foi comprado pela Spain Football Capital. “As negociações avançaram até a redação de um contrato em que as duas partes aprovaram e assinaram. Mas não foi confirmada a oferta econômica vinculante”, afirmou o clube em setembro, através de nota oficial.

As negociações neste momento têm menos caráter de urgência após a assinatura do contrato entre LaLiga e a CVC Partners. Pelo acordo, o Zaragoza irá receber € 10 milhões (R$ 63,9 milhões) para investimento em infraestrutura, pagamento de dívidas e salários.