Liga NESCAU

Liga NESCAU celebra maior alcance nacional da história

por Redação
A
A

Encerrada no último dia 12 de dezembro, a Liga NESCAU celebrou em sua edição de 2020 um recorde. Com a necessidade de transferir a competição para o ambiente on-line, a liga teve, no ano que vai se encerrando, sua edição mais “nacional” desde a criação em 2014. Jovens de 71 diferentes cidades brasileiras, sendo 23 capitais do país, disputaram o torneio estudantil. 

Ao todo, 2.171 crianças com idades entre 8 e 16 anos participaram dos quase dois meses de competiçãoes em 15 modalidades esportivas diferentes. O número de participantes totais envolvidos diretamente com a liga foi ainda maior, já que para o jovem participar era preciso filmar vídeos, contando com a participação de amigos e familiares no auxílio para essas tarefas.

"Estamos muito felizes por ter conseguimos envolver não só as crianças e jovens, mas famílias de todo o Brasil em torno da atividade física neste momento difícil. Somente nas redes sociais atingimos cerca de 30 milhões de pessoas com a divulgação do campeonato. Transformar a Liga em um evento com impacto também no digital já era um desejo da marca, que, em 2020, se transformou em realidade”, afirmou Abner Bezerra, head de marketing de NESCAU e Bebidas da Nestlé Brasil.

publicidade

A companhia investiu na criação de uma “Vila Olímpica” digital para ser o ambiente das competições. Além disso, usou os embaixadores da competição para incentivar as crianças e jovens a se inscreverem nas disputas. Aos sábados, a empresa criou o Sabaday, com a transmissão ao vivo dos melhores vídeos enviados pelos competidores e interação virtual com a participação dos atletas-embaixadores da liga em demonstrações : Flávia Saraiva (ginástica), Yago (basquete), Etiene Medeiros (natação), Tandara (vôlei), Falcão (futsal) e Verônica Hipólito (paratletismo).

"Outro fator importante para esse engajamento foi apostar em atividades diferenciadas, como ballet e passinho, por exemplo. Trazer a dança para Liga ampliou nossos horizontes, ainda mais agora que o breakdance está incluído no programa dos Jogos Olímpicos de Paris-2024", completou Bezerra.

De acordo com o executivo, em 2021 a Liga NESCAU deverá incorporar a experiência virtual à competição presencial, que deve acontecer no segundo semestre. A liga é o maior projeto esportivo atualmente da marca de achocolatado, que patrocina ainda a NBA, tem um acordo com o Barcelona. O investimento em ações no esporte de NESCAU em 2020 chegou a R$ 5 milhões, segundo a Nestlé.

publicidade
Imagem aérea da Vila Olímpica virtual, criada especialmente para abrigar o ambiente de competições on-line da Liga NESCAU
Reprodução
Imagem aérea da Vila Olímpica virtual, criada especialmente para abrigar o ambiente de competições on-line da Liga NESCAU
publicidade

Futebol inicia pressão por nova paralisação