Liga NESCAU

Nestlé projeta crescimento para Liga Nescau em 2020

por Redação - São Paulo (SP)
A
A
publicidade

A Nestlé encerrou, no último sábado (7), a Liga Nescau, competição que reuniu durante três meses quase 14 mil crianças e jovens de mais de 500 escolas públicas e privadas, clubes, ONGs e associações. Um evento realizado no Complexo Esportivo do Pacaembu, em São Paulo, marcou o encerramento do evento, que neste ano ganhou a entrada de Porto Alegre e Recife no circuito de locais que abrigaram as competições.

publicidade
publicidade

"Essa é uma das belezas da Liga Nescau: unir as pessoas em torno dos valores que só o esporte ensina. Somos a primeira competição a incluir os paradesportistas nos mesmos dias e ambientes das modalidades convencionais e seguiremos em frente. Em 2019, incluímos dois estados no calendário e vamos crescer mais em 2020", afirmou Rodrigo Lopes, head de marketing de bebidas da Nestlé.

publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

Foto: Divulgação / Nescau

publicidade
publicidade

Neste ano, além das duas novas cidades, skate e bocha paralímpica foram incluídos no programa de eventos, que chegou a 19 modalidades atendidas no total. A ideia da Nescau, assim, é tentar ampliar ao máximo o alcance do evento e conseguir passar os valores de que o esporte precisa ser praticado desde a infância pelas pessoas, bandeira que tem sido levantada pela marca desde 2016, quando a Liga Nescau foi criada.

publicidade
publicidade

Neste ano, para dar mais força à liga, a Nestlé escalou embaixadores em diferentes modalidades. Falcão, do futsal, os irmãos Hypólito, na ginástica, Carol e Fernando Meligeni, no tênis, o nadador Thiago Pereira e a judoca Mayra Aguiar, entre outros, foram rostos da marca nas ações. A embalagem de Nescau também foi alterada para conter palavras de incentivo à prática de esporte pelas crianças.

publicidade

Edição 2020 do Ayrton Senna Racing Day será individual e virtual