Após desavença política, Premier League voltará à televisão estatal da China

Torneio não foi transmitido pela CCTV nas duas últimas temporadas por questões fora do futebol

A China Central Television (CCTV), rede estatal chinesa, transmitirá jogos ao vivo da Premier League no próximo fim de semana pela primeira vez desde 2020. Nas duas últimas temporadas, o futebol inglês não foi exibido pela emissora no país asiático por conta de tensões entre Reino Unido e China que extrapolaram o âmbito político e alcançaram o esporte.

De acordo com o site SportBusiness, a CCTV fechou um acordo de três temporadas com a Premier League, de 2022/2023 a 2024/2025. Não houve anúncio oficial de nenhuma das duas partes, mas a rede chinesa está listada como parceira de transmissão no site da liga inglesa e há duas partidas da rodada de abertura da temporada anunciadas na programação da CCTV para o fim de semana.

Vale lembrar que, na temporada passada (2021/2022), a Premier League fechou um acordo com a plataforma de streaming iQiyi Sports, da Baidu, que se tornou a parceira de transmissão digital exclusiva da primeira divisão inglesa na China até o final da temporada 2024/2025. Em meados da temporada passada, houve uma tensão no relacionamento por conta da guerra entre Rússia e Ucrânia (a China é aliada política da Rússia), mas, ao que tudo indica, a questão foi superada.

Dessa forma, a princípio, três emissoras chinesas transmitirão a Premier League no país asiático em 2022/2023. Além da iQiyi Sports e da CCTV, a Migu, subsidiária de streaming da China Mobile, exibirá jogos ao vivo por meio de um contrato de sublicenciamento de quatro anos com a plataforma de streaming de propriedade da Baidu.