Ducati e Lenovo renovam parceria para temporada 2022 da MotoGP

Parceiras desde 2018, a Ducati e a Lenovo renovaram o contrato de patrocínio para a temporada 2022 da MotoGP. No ano passado, a marca chinesa de tecnologia passou a deter também os naming rights da equipe italiana, que está sendo chamada desde então de Ducati Lenovo Team.

Desde o início da parceria, o foco da Lenovo é ajudar na inovação, na velocidade e na segurança, melhorando o desempenho da Ducati na pista. Uma ampla gama de soluções inteligentes, como data analytics e inteligência artificial (IA) continuam a promover melhorias, ajudando a equipe a acelerar as simulações e a análise dos dados em tempo real, transferindo constantemente a tecnologia do mundo das corridas para as motos da Ducati usada no dia a dia pelos consumidores.

Para a temporada 2022, o primeiro objetivo é completar o projeto “Remote Garage”, permitindo que os engenheiros recebam os dados em tempo real e interajam com a garagem e as motos enquanto trabalham de forma remota. Além disso, a Ducati e a Lenovo estão empenhadas em aprimorar o sistema de videoconferências tanto na sede como na garagem. A intenção é conectar melhor as equipes virtuais para possibilitar uma colaboração bem-sucedida, mesmo a quilômetros de distância.

“2021 foi um ano importante para o Time Ducati Lenovo. Fortalecemos a nossa parceria tecnológica, preparando o caminho para inovações ousadas no novo mundo de trabalho híbrido. Nos orgulhamos por colaborar com a Ducati, que compartilha nossos valores essenciais de velocidade, dedicação, espírito de equipe e foco nos resultados. Alinhados à nossa missão de possibilitar a transformação inteligente, continuaremos a investir e a inovar com a Ducati para conquistarmos objetivos cada vez mais ambiciosos no setor de motoesportes, em rápida evolução”, destacou Luca Rossi, presidente do grupo de dispositivos inteligentes da Lenovo.

“Para ser competitivo e conquistar os melhores resultados, dentro e fora das pistas, é essencial ter uma ideia clara do papel imprescindível da inovação digital e contar com o suporte dos melhores parceiros. Graças à colaboração com a Lenovo, alcançamos metas importantes, como acelerar a coleta e análise de dados, agilizando assim o processo de tomada de decisões. Graças à paixão pela inovação tecnológica que compartilhamos com a Lenovo, continuaremos a seguir nessa direção, explorando soluções tecnológicas capazes de conquistar resultados ainda melhores na pista, na produção em série e nas infraestruturas corporativas”, complementou Claudio Domenicali, CEO da Ducati.

Juntas, as duas marcas têm grandes planos para o futuro e já estão avaliando como podem utilizar a IA, o aprendizado de máquina e a realidade aumentada para trazer ainda mais inovação à MotoGP. Reproduzir a moto e seus componentes virtualmente, em tamanho real e num contexto real serão importantes diferenciadores para acelerar os testes e a manutenção no futuro, bem como o suporte pós-venda para as motos usadas no cotidiano.