Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Motor / Interlagos

Fórmula 1 anuncia, mas não confirma, GP do Brasil em São Paulo

Redação Publicado em 10/11/2020, às 10h57

Imagem Fórmula 1 anuncia, mas não confirma, GP do Brasil em São Paulo

A Fórmula 1 anunciou, na manhã desta terça-feira (10), o calendário para a temporada de 2021 da competição. Ao todo, estão previstas a realização de 23 etapas, entre elas o GP do Brasil, no dia 14 de novembro, em São Paulo.


A inclusão do autódromo de Interlagos na lista ainda depende de uma negociação. O contrato para a realização do GP paulistano se encerrou neste ano, quando a pandemia do coronavírus impediu que a prova acontecesse. Originalmente, a Fórmula 1 havia dito que o GP do Brasil seria no Rio de Janeiro. O autódromo na cidade, porém, não teve licenças ambientais aprovadas até agora para sair do papel.

As demoras nas licenças para o novo complexo, além da turbulência política vivida no Rio de Janeiro, atrapalharam os planos do Estado. Em São Paulo, o promotor do evento deverá ser substituído, com a troca de Tamas Rohonyi, que comanda a etapa há 30 anos, pelo grupo IMM, que entre outros eventos organiza também o Rio Open de tênis.   


A dúvida que permanece é por quanto tempo a Fórmula 1 ficará em São Paulo. A ideia do prefeito da cidade, Bruno Covas, é fazer um novo acordo de dez anos com a organização da competição. A prova de 2021, por outro lado, pode entrar apenas como uma compensação pelo cancelamento da etapa deste ano, por conta do coronavírus.


Outra possibilidade é um contrato inicial de 5 anos com São Paulo, adiando assim o projeto do Rio de Janeiro.