Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Motor / Déjà vu

Fórmula 1 já cogita adiar o GP da Austrália

Redação Publicado em 05/01/2021, às 10h10

Imagem Fórmula 1 já cogita adiar o GP da Austrália

A nova onda de contágio do coronavírus começa a colocar de sobreaviso as principais competições esportivas do mundo. A corrida de abertura da temporada da Fórmula 1 na Austrália é o novo evento a ser colocado em dúvida. Marcado para o dia 21 de março, no circuito Albert Park de Melbourne, o GP australiano poderá ser postergado para o segundo semestre.

A alternativa é cada vez mais considerada depois de o governo australiano exigir que todos os viajantes que chegarem ao país façam 14 dias de quarentena para então poder circular pelo país livremente. Isso já fez com que o Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada do tênis, fosse adiado em duas semanas, afetando todo o calendário da modalidade.

Segundo a agência de notícias PA, um anúncio formal está programado para ser feito ainda no final deste mês. Com isso, a temporada da Fórmula 1 começaria no Bahrein, em 28 de março.

Se isso vier a acontecer, repetiria-se a cena vista em 2020, quando o GP australiano foi cancelado um dia antes de sua realização, quando um mecânico da McLaren testou positivo para coronavírus após sua chegada em Melbourne.

A Fórmula 1 programou, para 2021, um recorde de 23 corridas no calendário. Para que todas possam acontecer, porém, é preciso que a pandemia esteja minimamente controlada, o que está longe de acontecer atualmente.

À agência PA, um porta-voz da F1 disse: “Em 2020, provamos que podíamos voltar às corridas com segurança e entregamos o que muitos acreditavam, em março, ser impossível. Estabelecemos nosso calendário de 2021 e esperamos o retorno da F1 em março deste ano”.

GP da Austrália foi cancelado em 2020 e, agora, pode ser adiado novamente por conta da pandemia
Divulgação