Motor

Fórmula 1 mantém aposta nos Estados Unidos e estuda segundo GP

por Redação
A
A
Los Angeles e Indianápolis são possíveis locais para um segundo GP nos Estados Unidos.
Crédito: Reprodução
Los Angeles e Indianápolis são possíveis locais para um segundo GP nos Estados Unidos.
publicidade

A Fórmula 1 mantém sua aposta no mercado norte-americano. A competição está estudando acrescentar um segundo Grande Prêmio no país apesar da corrida de Miami ter ficado fora do calendário provisório, de acordo com a Autoweek.

Um acordo de princípio foi alcançado em 2019 para que o Hard Rock Stadium em Miami fosse sede de uma corrida de Fórmula 1 em 2021, porém só o Circuito de Austin está no calendário. Agora Stefano Domenicali, o CEO da competição, tem a esperança de conseguir um novo acordo, com Las Vegas e Indianápolis como candidatos, assim como Miami.

"Os Estados Unidos é uma obra em andamento", disse Domenicali. O executivo espera "dar uma resposta direta muito em breve, pois o objetivo são duas raças no país". "Não sei se Las Vegas é melhor ou pior, mas estamos trabalhando nisto, Indianápolis está na equação", enfatizou ele. "O mais importante que temos que mudar nos Estados Unidos é que temos que fornecer informações todos os dias, em todos os níveis, com o envolvimento dos pilotos, das equipes e dos organizadores, isto é algo que queremos fazer muito fortemente este ano", comentou ele.

A próxima temporada de Fórmula 1 começará com o Grande Prêmio do Bahrein em 28 de março. Há 23 corridas planejadas, o que o torna o calendário mais longo da história, embora possa chegar a até 25.

publicidade

Futebol inicia pressão por nova paralisação