Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Motor / Fórmula 1

Haas decide tirar russo Nikita Mazepin, e Pietro Fittipaldi deve ser substituto

Piloto russo havia sido autorizado pela FIA a correr sob bandeira neutra após invasão da Ucrânia

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 03/03/2022, às 14h20 - Atualizado às 14h22

Brasileiro Pietro Fittipaldi é a primeira opção para substituir Nikita Mazepin na Haas - Reprodução / Instagram (@pifitti)
Brasileiro Pietro Fittipaldi é a primeira opção para substituir Nikita Mazepin na Haas - Reprodução / Instagram (@pifitti)

A Haas decidiu retirar o russo Nikita Mazepin da equipe para a temporada 2022 da Fórmula 1. Na última terça-feira (1), a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) havia anunciado que o piloto poderia correr sob bandeira neutra como forma de punição à Rússia pela invasão da Ucrânia. Segundo a Sky Sports, o provável substituto do piloto russo é o brasileiro Pietro Fittipaldi.

Há dois fatores que pesam na destituição de Mazepin da equipe. Por um lado, a Haas é uma equipe americana, fator que pesa a favor da exclusão do russo. Por outro lado, a Haas já havia anunciado, na semana passada, que retiraria do carro todas as referências à Rússia.

Além disso, todas as menções à principal patrocinadora da equipe, a exportadora de fertilizantes russa Uralkali, também foram retiradas do carro da escuderia. A empresa pertence a Dmitri Mazepin, pai de Nikita. A logomarca da Uralkali foi ainda arrancada dos boxes, dos motorhomes da equipe e até do nome oficial da escuderia.

Com a saída de Mazepin, a tendência é que Pietro, neto do bicampeão mundial Emerson Fittipaldi e piloto de testes da escuderia, assuma o cockpit nos testes do Bahrein, marcados para 10 a 12 de março. O brasileiro já guiou a Haas nas duas últimas corridas de 2020, substituindo Romain Grosjean após um acidente do francês justamente no GP do Bahrein. Günther Steiner, chefe da equipe, já havia dito que o brasileiro seria a primeira opção para substituir o russo.